quinta-feira, 10 de agosto de 2006

O mundo precisa abrir os olhos para o drama de milhões de pessoas vítimas das guerras

Dom Luciano Mendes de Almeida, arcebispo de Mariana, MG, está desde o dia 17 de julho internado no Hospital das Clínicas de São Paulo lutando contra um tumor no fígado. No dia 8 de agosto de 2006, terça-feira passada, a página da CNBB publicou seu artigo Quero agradecer, no qual apela, de maneira comovente, em favor das vítimas da guerra no Líbano e dos que sofrem na África. Transcrevo pequeno trecho:
Estou nas mãos de Deus. Deus nos criou por amor e Ele sabe o que é melhor para nós. Coloco minha vida nas suas mãos. Estou sendo muito bem tratado (...) Mas não penso só em mim; lembro-me também das muitas vítimas de Beirute, que, infelizmente, vêm aumentando dia a dia, por falta de uma solução que possa dar fim a essa situação. São tantos os sofredores que precisam de cuidados médicos e outros muitos que morreram em conseqüência dos ataques em Israel. Lembro-me ainda dos milhares que sofrem na África. Temos que fazer algo por eles. Uno-me ao Santo Padre pedindo paz. O mundo requer paz. A violência deve cessar. Será que o mundo não pode abrir os olhos para o drama de milhões de pessoas? Temos que mudar de mentalidade. Somos irmãos e irmãs, feitos por Deus para a felicidade; que o sofrimento de tantas pessoas contribua para o cessar-fogo e a descoberta de um relacionamento humano verdadeiramente amigo (cont.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário