quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Morreu Bruce Malina (1933-2017)

Sobre Bruce Malina, confira o que escrevi em Leitura socioantropológica do Novo Testamento:

Os vários estudos de Bruce J. Malina, professor na Creighton University, Nebraska, começando com uma publicação feita em 1981, são significativos para a leitura socioantropológica do Novo Testamento, especialmente no âmbito da exegese norte-americana. Abaixo, um elenco de seus principais livros (...).

Bruce Malina (1933-2017)

Bruce Malina fundamenta-se em teorias antropológicas atuais para entender a cultura do mundo mediterrâneo antigo onde o Novo Testamento foi gerado. Seu enfoque privilegia o estudo dos ambientes sociais, dos modos de pensar e dos padrões de comportamento das comunidades bíblicas em contraste com o mundo do intérprete moderno da Bíblia, tentando construir uma ponte entre estes dois mundos que nos permita resgatar o sentido dos textos do Novo Testamento. É assim que Malina estuda Paulo e a lei numa perspectiva socioantropológica, Jesus mais como um personagem de consagrada reputação do que uma figura carismática, o grupo de contracultura que produziu o evangelho de João, a pobreza como ausência de laços sociais e não apenas como falta de bens materiais, os códigos de hospitalidade pressupostos na terceira carta de João, a relação patrão-cliente modelando a relação Deus-homem e as orações de Jesus, a percepção característica do tempo na antiguidade modelando as noções de escatologia e apocalíptica….

Diz Bruce Malina, na introdução de um de seus livros, que o objetivo da interpretação do Novo Testamento é “descobrir o que um grupo específico do século primeiro do Mediterrâneo oriental entendia quando documentos contidos em o Novo Testamento eram lidos para eles. Por isso, minha tarefa é descobrir o que os documentos têm a dizer e o que eles significavam para os seus destinatários originais. Eu considero que o sentido, tanto lá como aqui, reside, em última instância, no sistema social compartilhado por pessoas que regularmente interagem umas com as outras”.


Vi a notícia no blog do Jim West e vim parar aqui, onde se diz:

The sad news reached me today that Prof. Bruce J. Malina died yesterday, Aug. 17, at dawn, US time. Malina was professor emeritus at Creighton University, Omaha, USA. Prof. Malina will probably be remembered by most as one of those who introduced Social Anthropology, or Cultural Anthropology as he called it, into New Testament studies.

E aqui:

Malina, Dr. Bruce J. Oct 9, 1933 - Aug 17, 2017. Dr. Bruce J. Malina, Creighton professor of New Testament for 48 years, died at his home in the early hours of Thursday, 17 August. Health issues had necessitated his retirement four years earlier as he approached his 80th birthday. The World Herald had featured Malina in an article 26 June, 1994, "Scholar Finds Niche in Bible," as he began to gain global recognition for a new approach to Biblical studies. Bruce's method emphasized interpretation of the New Testament from the cultural perspectives in which the Gospels and Epistles were written. Bruce was born in Brooklyn (Williamsburg), NY, 9 October 1933. He was the first of nine children born to Joseph and Mary Malina.

Leia Mais:
O discurso socioantropológico: origem e desenvolvimento
Leitura socioantropológica da Bíblia Hebraica
Leitura socioantropológica do Novo Testamento

Nenhum comentário:

Postar um comentário