quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Todo o mundo tem a incerteza do que afirma

O título? Guimarães Rosa, Lá nas campinas, em Tutameia.

Quero deixar claro que essa concepção que defendo implica desenvolver educação reflexiva e crítica, e não apenas informativa. As informações estão disponíveis nas mídias e redes sociais. Na escola, temos a oportunidade e o dever de auxiliar nossos alunos a compreender a construção histórica da vida social e a produzir conhecimentos sobre o mundo com as informações que recebem e podem acessar.

Nem o professor nem a instituição escolar possuem mais o monopólio da divulgação da informação. Nesse sentido, aulas para a simples transmissão de informações tornaram-se anacrônicas e desinteressantes. Nós professores temos que aproveitar a disponibilidade de acesso à informação e desenvolver em nossas aulas projetos de pesquisa, busca de estabelecimento de relações, problematizações.

Vários autores têm nos ensinado que vivemos no meio de disputas entre diferentes regimes de verdade. A “verdade” deve ser buscada nas pesquisas, é meta a ser alcançada, horizonte para o trabalho de pesquisadores científicos. Os historiadores, em seus estudos, produzem e fundamentam versões que são geradas a partir de diferentes teorias e metodologias de pesquisa. Mas uma vez a pesquisa realizada, novas questões podem ser  levantadas e “verdades” tornam-se versões. Os professores precisam se manter atualizados e se posicionar diante das diferentes versões. É preciso, também,  que os alunos aprendam como se faz a história, como se produz o conhecimento histórico, mas, também, qual a versão mais atual e eticamente comprometida.

Fonte: Ana Maria Monteiro, O fim do monopólio do professor e da instituição escolar - IHU On-Line 450 - 11/08/2014.

Leia Mais:
André Wénin: eu proponho a Bíblia para pensar
Uma Teologia que não aborda os problemas de sua época não serve para nada
Sapere aude! Habe Mut, dich deines eigenen Verstandes zu bedienen!
Omnia disce. Videbis postea nihil esse superfluum

Nenhum comentário:

Postar um comentário