sábado, 6 de julho de 2013

Velha mídia, grande mídia, mídia burguesa

O que chamamos de mídia burguesa não passa de uma organização empresarial, capitalista, que vende propaganda. Nunca notícia. Está a serviço de um tipo particular de capitalismo, que é o financeiro. É golpista de primeira hora. Jamais teve apreço por democracia alguma. Muito ao contrário. Sempre que pode, em qualquer país do mundo, apoia abertamente golpes de estado contra presidentes democraticamente eleitos. Criminaliza a política em geral. Aliena o povo. Embandeira-se falsamente com palavras de ordem “moral” e “ética”, mas seus protegidos são os maiores corruptos.

Um comentário:

Jayder Oliveira disse...

Às vezes paira no ar um fiozinho aromático de "ditaduras". A tal mídia não poderia ser um fiozinho desses? Como dizem por aí: "Sei não, mas sei lá!"

Postar um comentário