quarta-feira, 3 de julho de 2013

Crise diplomática entre Bolívia e países europeus


>> Última atualização: 04/07/2013 - 14h50

Dilma expressa "indignação e repúdio" à proibição imposta ao avião de Morales. "Constrangimento" ao presidente boliviano "atinge não só à Bolívia, mas a toda América Latina", afirmou hoje, 03/07/2013, a presidenta do Brasil.

Voltando de Moscou, onde havia participado da segunda cúpula de países exportadores de gás, realizada na capital russa, Morales se viu forçado a aterrissar no aeroporto de Viena depois que alguns países europeus - parece que França, Portugal, Espanha e Itália - negaram autorização de entrada de sua aeronave oficial em seus espaços aéreos, o que gerou uma crise diplomática.

O avião de Morales foi desviado para Viena na terça, supostamente por suspeitas de que transportasse o americano Edward Snowden, procurado pela justiça dos Estados Unidos acusado de espionagem.

Leia sobre a repercussão do caso na América Latina aqui.

Leia Mais:
O mundo continua de joelhos diante do poder americano: quem ousaria conceder asilo a Snowden? - Elizabeth Carvalho: Carta Maior 04/07/2013
Líderes sul-americanos repudiam retenção do avião de Evo Morales - Valor: Fabio Murakawa, Maira Magro e Bruno Peres 04/07/2013



Nenhum comentário:

Postar um comentário