sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Tempo de partido, tempo de homens partidos


Esse é tempo de partido, tempo de homens partidos - Carlos Drummond de Andrade, Nosso tempo.


Julgar Dirceu na véspera da eleição é decisão política do STF 

Dois assuntos estão nas manchetes. Estão nas manchetes há dois meses: as eleições municipais e o julgamento do chamado "Mensalão". Nesta decisiva semana das eleições começou o julgamento do "núcleo político" desse escândalo. Nesta quarta-feira, 3, entrou em pauta o julgamento de José Dirceu. Fato de enorme impacto. Fato com um impacto tão grande que quase não se admite quem queira percebê-lo nos seus vários ângulos, antecedentes e consequências.

Não há coincidência alguma no julgamento do "Mensalão" e as eleições se darem, milimetricamente, ao mesmo tempo. Há uma decisão. Decisão que é política. Tribunais são técnicos, mas são também "políticos" no sentido mais amplo da palavra. Não há coincidência em se julgar José Dirceu três, dois dias antes das eleições. Isso não é obra do acaso, do destino. Essa decisão, a do "quando" julgar, é, foi uma decisão política...

O artigo é de Bob Fernandes e foi publicado no Terra Magazine em 04/10/2012.

Leia o texto completo.

Fonte: Notícias: IHU On-Line - 05/10/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário