sábado, 28 de janeiro de 2012

Diário do Seminário no Bíblico - 27.01.2012

Quinto e último dia do Seminário para Professores de Bíblia no PIB - Pontifício Instituto Bíblico, Roma.

Diz Cássio:

Segue a página final do diário.

No período matutino, duas aulas com o Prof. Georg Fischer (a simpatia e a humildade em pessoa). Dando continuidade à sua exposição sobre Jeremias, os assuntos foram dois:
:: A organização do livro: caos, redação ou ... ?
. a cronologia
. o papel da prosa
. redação deuteronomista?
. procedimentos internos
. conclusões: grande coerência, com imensa riqueza de detalhes de um universo complexo estruturado em vários níveis
:: Mensagem e teologia:
. expressões únicas
. característica de Deus em Jeremias
. outras peculiaridades de Jeremias

Cabe uma nota: dois pontos enfatizados pelo Prof. Fischer
:: Método para lecionar (e estudar) um livro bíblico:
. texto e contexto
. estrutura e dinâmica
. conformação específica
. mensagem e teologia
:: Data da redação do livro de Jeremias (isto foi considerado grande novidade pelos participantes e provocou vários questionamentos):
. redação do livro no século IV a.C., após Ezequiel e alguns dos profetas “menores”
- Alguns argumentos:
. Jeremias preenche o vazio entre Is 1-39 (701 a.C.) e o Dêutero-Isaías (após 586)
. o redator conhece a Torá e também outros profetas, como Ezequiel

No período da tarde, uma mesa redonda com alguns professores de literatura profética que participaram do seminário:
. Joseph Bou Raad, do Líbano
. Maria de Lourdes Corrêa Lima, do Brasil (PUC-Rio)
. Ignacio Carbajosa Pérez, da Espanha

Cada um pode apresentar sua experiência de lecionar literatura profética: quem são os estudantes, a metodologia de trabalho, os desafios e as dificuldades.

Após as participações, os professores Sicre e Fischer reagiram, partilharam suas próprias experiências e fizeram considerações finais.

Os cinco brasileiros participantes do seminário foram unânimes: a datação de Jeremias no século IV a.C. foi a de maior impacto e de fato uma verdadeira novidade.

Avaliação do Seminário

Por fim, convém afirmar: participar de um seminário como este, mais do que novidades bombásticas, oferece:
. a oportunidade de ter uma visão panorâmica e fundamentada da discussão
. o contato com os grandes nomes da exegese (que se demonstraram pessoas extremamente humildes)
. o contato com outros professores e pesquisadores
. o encorajamento que vem do ambiente sério de estudo e de reflexão exegética
. atualizar a biblioteca pessoal, com livros que dificilmente serão traduzidos para o português

E, para quem estudou no Bíblico, outras duas:
. o reencontro com professores e colegas do tempo de mestrado e doutorado
. a alegria de novamente entrar e poder respirar um pouco do mofo, do ar e do conhecimento da Biblioteca do Pontifício Instituto Bíblico, uma das melhores e mais completas bibliotecas do mundo, especializada em Bíblia.

Fim do diário.

Leia Mais:
Cássio: Diário do Seminário no Bíblico - 23.01.2012 - Primeiro dia
Diário do Seminário no Bíblico - 24.01.2012 - Segundo dia
Diário do Seminário no Bíblico - 25.01.2012 - Terceiro dia
Diário do Seminário no Bíblico - 26.01.2012 - Quarto dia

Um comentário:

airtonjo disse...

Dois livros de Georg Fischer, da Universidade de Innsbruck, Áustria, são interessantes para o estudo de Jeremias:

FISCHER, G. Der Prophet wie Mose: Studien zum Jeremiabuch. Wiesbaden: Harrassowitz Verlag, 2011, xii + 415 p. - ISBN 9783447063944

FISCHER, G. Jeremia. Der Stand der theologischen Diskussion. Darmstadt: Wissenschaftliche Buchgesellschaft, 2007, 191 p. - ISBN 9783534163014

Postar um comentário