quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Um oportuno vocabulário de exegese bíblica

Acaba de ser publicado em português, pela Loyola, um oportuno vocabulário de exegese bíblica.

ALETTI, J.-N.; GILBERT, M.; SKA, J.-L.; DE VULPILLIÈRES, S. Vocabulário ponderado da exegese bíblica. São Paulo: Loyola, 2011, 184 p. - ISBN 9788515038565.

O original - Vocabulaire raisonné de l'exégèse biblique. Les mots, les approches, les auteurs - foi publicado em francês, em 2005, por Les Éditions du Cerf, Paris. A tradução brasileira é de Cássio Murilo Dias da Silva, que me enviou um exemplar. O livro está na coleção Ferramentas Bíblicas. A tradução brasileira foi revista e corrigida pelos autores, que fizeram pequenas modificações em relação às edições francesa e italiana.

Por que oportuno? Porque "este vocabulário apresenta uma exposição clara e rigorosa das palavras úteis ao estudo, à explicação ou à simples leitura dos textos bíblicos. Seu objetivo é facilitar a compreensão dos termos técnicos, dos conceitos fundamentais e, em geral, da linguagem referente à Bíblia", explica a editora.

Se, ao ler um livro sobre Bíblia, você já se perguntou o que significam Sitz im Leben, etiologia, topos, Wirkungsgeschichte, New Criticism, apodítico, intertestamentário, pésher, semiótica, Formgeschichte, Hipótese Documentária... ou quem são estes tão citados autores alemães, franceses, ingleses e norte-americanos, como Julius Wellhausen, Martin Noth, G. von Rad, R. de Vaux, Charles H. Dodd, William F. Albright, Lagrange, A. Schweitzer, Rudolph Kittel, R. Bultmann, Tischendorf, Albrecht Alt... então este livro é para você!

O livro tem 4 partes e 4 anexos:

:: A primeira parte, escrita por Maurice Gilbert, traz uma apresentação estruturada dos livros da Bíblia e do cânon das Escrituras. Os livros da Bíblia são passados em revista e são apresentados: a sua transmissão, o cânon da Escritura, as línguas usadas, as diversas versões e manuscritos. O autor termina indicando as várias análises críticas aplicadas ao texto bíblico e oferece uma lista da literatura judaica e cristã não canônica.

:: A segunda parte, escrita por Jean-Louis Ska, trata da constituição da exegese moderna e da sua evolução. Apresenta o vocabulário da abordagem diacrônica ou histórico-crítica, seguindo a ordem alfabética.

:: A terceira parte, escrita por Jean-Noël Aletti, apresenta o vocabulário da exegese sincrônica, segundo as diversas análises: narrativa, retórica, epistolar, incluindo a literatura judaica e cristã e as cartas de Paulo.

:: A quarta parte, escrita por Sylvie de Vulpillières, oferece certo número de termos utilizados na análise literária em geral, bem como um breve vocabulário de termos hebraicos, gregos, ingleses e alemães, que um leitor pode encontrar em textos um pouco especializados.

Os anexos trazem:
:: Alguns grandes nomes da exegese
:: Abreviações dos livros do AT e do NT
:: Abreviações de títulos de livros, de coletâneas e de revistas frequentemente citados
:: Alguns livros sobre o vocabulário da exegese


Informações sobre o livro em francês e inglês, na página de Les Éditions Du Cerf, Paris:

L'objet du présent «Vocabulaire raisonné de l'exégèse biblique» est la présentation des mots utilisés dans l'analyse de la Bible.

Exégètes chevronnés et professeurs d'Écriture sainte, les auteurs le savent : la lecture d'une définition ne permet pas toujours de se faire une idée claire de la signification d'un mot. Aussi ont-ils choisi de présenter le vocabulaire de l'exégèse en incluant toute définition dans un discours suivi ou en l'accompagnant d'exemples : ainsi mis en rapport les uns avec les autres, les vocables techniques sont saisis en situation et dans leurs diverses acceptions. L'index final joue le rôle de dictionnaire.

Une première partie est consacrée à la présentation des livres de la Bible, à leur transmission, au canon de l'Écriture, aux langues, aux versions, aux manuscrits. L'auteur termine en indiquant les diverses analyses critiques appliquées au texte biblique et donne la liste de la littérature juive et chrétienne non canonique. La deuxième partie traite de la constitution de l'exégèse moderne et de son évolution. Elle donne le vocabulaire de l'approche diachronique ou historico-critique. Une troisième partie présente le vocabulaire de l'exégèse synchronique selon les différentes analyses : narrative, rhétorique, épistolaire, incluant la littérature juive et chrétienne et les lettres de Paul. Les termes fréquemment utilisés en analyse littéraire générale, les mots hébreux, grecs, anglais et allemands qu'un lecteur est amené à rencontrer, ainsi que « quelques grands noms de l'exégèse » sont listés dans la dernière partie.


The aim of this book is to present and explain the terms we use when analyzing the Bible. As experienced exegetes and teachers of the Holy Scriptures, the authors know that the reading of a definition does not always allow one to gain a clear idea of its signification. That is why they have chosen to explain the vocabulary of exegetics by presenting all the definitions in a logical discourse, or by providing examples. The technical terms are brought into relation with each other, shown in situ and in their different accepted usages. The final index provides a straightforward dictionary.

Part One is devoted to the books of the Bible, their transmission, the Scriptural canon, languages, different versions, manuscripts. The author concludes this part by listing the diverse critical analyses applied to Biblical texts and non-canonical Jewish and Christian literature. Part Two deals with the constitution and evolution of modern exegetics. Here, we find the lexical of the diachronic approach. Part three presents the vocabulary of synchronic exegetics according to different analyses - narrative, rhetorical and epistolary - taking in Jewish and Christian literature and the Epistles of St. Paul. The terms often used in the analyses of general literature; Hebrew, Greek, English and German words the reader may encounter, are listed in this final part, as well as some of the “great names” in exegetics.

Um comentário:

Orlando disse...

Olá Airton, sempre acompanho suas sugestões, em geral sempre muito boas!

Abraços e um ótimo ano novo.

Orlando
souteologico.blogspot.com

Postar um comentário