quarta-feira, 9 de março de 2011

O que está acontecendo no Oriente Médio hoje?

Continuo atualizando o post publicado no dia 2 de fevereiro passado, O que está acontecendo no Egito hoje? Venho acrescentando ali links para análises que julgo relevantes para a compreensão dos acontecimentos atuais no Oriente Médio.

Hoje li um texto muito interessante e o citei naquele post. Como diz Jim West, é "a must read post". É a análise de Michael T. Klare, Professor do Hampshire College, Amherst, Massachusetts, USA. O professor Michael T. Klare tem várias publicações sobre a política militar dos EUA, a paz internacional e assuntos de segurança, o comércio mundial de armas e a política de recursos globais.

Recomendo, por isso, em tradução para o português:

:: Revolta árabe: o colapso da velha ordem do petróleo - Michael T. Klare: Tomdispatch.com, em Carta Maior: 09/03/2011
Considere o recente aumento nos preços do petróleo apenas um tímido anúncio do petro-terremoto que está por vir. A velha ordem que sustenta o petróleo está morrendo, e com o seu fim veremos também o fim do petróleo barato e de fácil acesso – para sempre. Mesmo que a revolta não alcance a Arábia Saudita, a velha ordem do Oriente Médio não pode ser reconstruída. O resultado será um declínio de longo prazo na disponibilidade futura de petróleo para exportação. Um exemplo: três quartos dos 1,7 milhões de barris produzidos diariamente pela Líbia foram rapidamente tirados do mercado conforme a agitação tomou conta do país.

Ou o original, em inglês:

:: The Collapse of the Old Oil Order: How the Petroleum Age Will End - By Michael T. Klare: Tomdispatch.com - March 3, 2011
Whatever the outcome of the protests, uprisings, and rebellions now sweeping the Middle East, one thing is guaranteed: the world of oil will be permanently transformed. Consider everything that’s now happening as just the first tremor of an oilquake that will shake our world to its core.


Leia Mais:
O que está acontecendo no Egito?
O que está acontecendo no Egito hoje?
Egito hoje
Oriente Médio no Observatório Bíblico
Oriente Médio

Nenhum comentário:

Postar um comentário