segunda-feira, 26 de abril de 2010

Pedofilia: desejo e perversão

Pedofilia. Desejo e perversão é o tema de capa da edição 326 da IHU On-Line, de 26/04/2010. Contribuem para a discussão Mario Fleig, Sócrates Nolasco, Nazir Hamad, Roland Chemama, Philippe Di Folco e Thomas Lacqueur.

As entrevistas:
. Mario Fleig: O pedófilo como vítima de seu desejo e perversão
. Sócrates Nolasco: A pedofilia e as sombras da lei
. Nazir Hamad: As marcas indeléveis da pedofilia
. Philippe Di Folco: A paranoia em torno da pedofilia
. Roland Chemama: O último interdito em nossa sociedade
. Thomas Lacqueur: Nem sempre a pedofilia foi considerada algo errado


São 4 psicanalistas, um jornalista e um historiador os que abordam o tema. São dois brasileiros, um libanês radicado na França, dois franceses e um norte-americano.

Faça o download da revista em formato PDF.

O crescimento dos evangélicos no Brasil

Pesquisa Datafolha diz que a população brasileira se divide, em termos religiosos, em 61% de católicos e 25% de evangélicos. E os outros 14%? Pertencem a outras religiões ou não responderam.

Pelo visto, a maioria dos evangélicos vem aderindo ao pentecostalismo: 19% são pentecostais e 6/% não pentecostais.

Segundo o Datafolha, 25% dos brasileiros são evangélicos
Os evangélicos já são 25% dos brasileiros, sendo 19% seguidores de denominações pentecostais, segundo levantamento concluído em março pelo Datafolha. A notícia é do jornal Folha de S. Paulo, 26/04/2010. Ainda não há pesquisas de intenção de voto segmentadas por religião na corrida presidencial. Em 1994, quando Fernando Henrique Cardoso (PSDB) foi eleito para o primeiro mandato, o segmento somava 14% da população. O crescimento do rebanho acompanha a redução do percentual de católicos, que hoje são 61%.

Fonte: Notícias: IHU On-Line: 26/04/2010

Leia Mais:
Presidenciáveis disputam voto evangélico - Folha Online: 26/04/2010 - 10h23
Veja o gráfico que indica a opção religiosa da população de 1994 a 2010.

domingo, 25 de abril de 2010

Frase do dia - 25.04.2010

Pela clínica psicanalítica, sabemos que aquilo que atacamos de modo implacável no outro não deixa de ter relação com aquilo que não suportaríamos reconhecer em nós mesmos.


Mario Fleig, psicanalista, em artigo publicado por Notícias: IHU On-Line, hoje, sobre pedofilia, com o título: O pedófilo: vítima de seu desejo e perversão [leia o artigo para saber o contexto da frase].

O Caderno de Saramago segundo o Times

"O Caderno" de Saramago nas páginas do The Times
Com o título "A infinita Internet de José Saramago", "O Caderno" foi recenseado no suplemento literário do jornal "The Times". Aqui deixamos o texto publicado a 14 de Abril de 2010: A infinita Internet de José Saramago. O infindável blogue do Prémio Nobel está cheio de entusiasmo, indignação e energia.

Destaco aqui dois trechos, nos quais leio uma avaliação das posições políticas, literárias e religiosas de Saramago expressas no blog:

Saramago (...) em anos recentes foi por duas vezes candidato ao Parlamento Europeu. Aqui, no entanto, o seu julgamento é muitas vezes atraído pela retórica dos gemidos lunáticos. Uma coisa é escrever sobre Nicolas Sarkozy que “Nunca esperei muito deste senhor”; outra completamente diferente é acusar George W. Bush de ter “expulsado a verdade do mundo”. Saramago não pode acreditar que Silvio Berlusconi venha do mesmo país que Verdi. É fácil escarnecer de Saramago na sua ira, mas duas coisas devem ser ditas em sua defesa. Primeira, há algo estimulante na sua “recusa em aceitar” o mundo como se apresenta na desigualdade. Segunda, isto é um blogue, e não um manifesto, e como tal é pessoal, fragmentado e reactivo.


Muito mais gratificantes são as suas meditações sobre literatura, linguagem, teologia. “Deus”, escreve, num eco dos Cadernos de Lanzarote (ainda inéditos em inglês), “é o silêncio do universo e o homem o grito que dá sentido a esse silêncio”. O acto de blogar inspirou certamente o lado aforístico de Saramago, e é particularmente memorável quando reflecte sobre os seus heróis literários. Aqui está uma sobre Fernando Pessoa: “Este Fernando Pessoa nunca chegou a ter verdadeiramente a certeza de quem era, mas por causa dessa dúvida é que nós vamos conseguindo saber um pouco mais quem somos.” Escreve um elegante tributo a Carlos Fuentes, que “tornou compatível a maior exigência crítica, o maior rigor ético, que são os seus, com uma gravata bem escolhida.” e introduz-nos ao brilhantismo de Javier Ortiz, que escreve o seu próprio obituário. O entusiasmo de Saramago é irresistível e os seus elogios agudos. Louva Kafka “por ter demonstrado que o homem é uma barata”, Montaigne “porque não precisou de Freud para saber quem era” e Gogol “porque contemplou a humanidade e descobriu-a triste”.


Fonte: Fundação José Saramago - 19/04/2010

Original em inglês:
José Saramago's infinite internet - The Nobel Laureate's unstoppable blog is full of enthusiasm, outrage and energy
Times Online: April 14, 2010 - From The Times Literary Supplement, by Toby Lichtig

Leia Mais:
Saramago: o blog ilumina o caminho de seu autor

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Um Sínodo sobre a Criação?

A urgência de um Sínodo sobre a Criação
O padre da Sociedade Missionária de São Columbano da Irlanda, Pe. Sean McDonagh, defendeu um Sínodo sobre a Criação se o magistério oficial da Igreja sobre a ecologia quiser superar a sua infância. Essa foi a sua mensagem dirigida às centenas de participantes, de diversas religiões, do encontro ocorrido no Santa Sabina College, em Strathfield, na Austrália, no dia 10 de abril, para analisar a Mensagem de Ano Novo de 2010 do Papa Bento XVI, "Se quiseres cultivar a paz, preserva a criação". A nota é do site oficial dos padres columbanos australianos, 13.04.2010.

Leia a notícia.

Fonte: Notícias: IHU On-Line - 21/04/2010

Isto é para quem vai com muita sede ao pote

PSDB acusa Sensus com dado errado

Breno Costa

O PSDB utilizou dados incorretos para basear a notícia-crime que o partido pretende apresentar hoje ao Ministério Público Eleitoral contra o Instituto Sensus, por divulgação de pesquisa fraudulenta. A Folha verificou que os advogados dos tucanos usaram uma pesquisa feita pelo instituto em Santa Catarina para atacar outra, nacional. As informações referiam-se ao nível econômico dos entrevistados pelo Sensus em pesquisa divulgada na semana passada, que apontou um empate técnico entre os pré-candidatos à Presidência José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT)...

Pois é!

Leia a notícia completa!

Fonte: Folha Onine: 22/04/2010 - 09h13


Leia Mais:
PSDB faz notícia-crime contra Instituto Sensus por divulgação de pesquisa fraudulenta

Negacionistas climáticos no Brasil e nos EUA

Ceticismo climático não "pega" no Brasil

Por Reinaldo José Lopes

O ceticismo climático, como é conhecida a corrente de pensamento que nega a existência do aquecimento global ou, pelo menos, o papel do homem nesse fenômeno, não "pegou" no Brasil, indica nova pesquisa Datafolha. Mais de 90% dos brasileiros aceitam que o aquecimento é real e, para 75% dos entrevistados, as atividades humanas contribuem "muito" para as mudanças climáticas [enquanto isso o ceticismo climático atinge recorde nos EUA, diz pesquisa].

Os dados, obtidos após entrevistas com 2.600 pessoas em 144 municípios de todas as regiões do país, contrastam com os ataques sofridos pela ciência da mudança climática desde o fim do ano passado -ataques que, em países como os EUA e o Reino Unido, fortaleceram o ceticismo sobre o aquecimento global entre a população.

Os céticos ou negacionistas climáticos, como também são conhecidos, nunca tiveram tanto espaço nos meios de comunicação mundo afora quanto nos últimos meses. A ofensiva desses grupos começou com o chamado "Climagate", como ficou conhecido o vazamento de e-mails dos servidores da Universidade de East Anglia (Reino Unido). As mensagens documentavam anos de correspondência entre alguns dos principais climatologistas do mundo, e os negacionistas viram nelas indícios de que esses pesquisadores teriam tentado manipular dados, ocultá-los de seus opositores ou impedir que eles publicassem visões "alternativas" do tema em revistas científicas respeitadas...

Leia o texto completo.

Fonte: Folha Online: 21/04/2010 - 11h11

Leia Mais:
Petroleira dos EUA deu US$ 50 mi a céticos do clima - Folha Online: 01/04/2010 - 09h34

Resenhas na RBL: 18.04.2010

As seguintes resenhas foram recentemente publicadas pela Review of Biblical Literature:

Hector Avalos, Sarah Melcher, and Jeremy Schipper, eds.
This Abled Body: Rethinking Disabilities in Biblical Studies
Reviewed by Yael Avrahami

Susan Emanuel and Jonathan G. Campbell
The Exegetical Texts
Reviewed by Eric F. Mason

A. Philip Brown
Hope amidst Ruin: A Literary and Theological Analysis of Ezra
Reviewed by Bob Becking

James R. Linville
Amos and the Cosmic Imagination
Reviewed by M. Daniel Carroll R.

John P. Meier
A Marginal Jew: Rethinking the Historical Jesus, Volume 4: Law and Love
Reviewed by William Loader

Gerald O'Collins
Christology: A Biblical, Historical, and Systematic Study of Jesus
Reviewed by James F. McGrath

Gregory E. Sterling
Coptic Paradigms: A Summary of Sahidic Coptic Morphology
Reviewed by William Arnal

Guy G. Stroumsa
The End of Sacrifice: Religious Transformations in Late Antiquity
Reviewed by Douglas Estes

Stefan Wälchli
Glaubenswelten der Bibel: Eine kleine Geschichte des biblischen Glaubens und der Entstehung der Bibel
Reviewed by Louis Jonker

Harald Martin Wahl
Das Buch Esther: Übersetzung und Kommentar
Reviewed by Donatella Scaiola

Walter T. Wilson
Pauline Parallels: A Comprehensive Guide
Reviewed by Martinus C. de Boer

Otto Zwierlein
Petrus in Rom: Die literarischen Zeugnisse
Reviewed by James D. G. Dunn


>> Visite: Review of Biblical Literature Blog

Possível agenda para a Igreja nos próximos anos

Luiz Alberto Gómez de Souza, sociólogo, diretor do Programa de Estudos Avançados em Ciência e Religião na Universidade Candido Mendes, propõe uma agenda para a Igreja nos próximos anos.

Transcrevo o trecho inicial do artigo Possível agenda para a Igreja nos próximos anos e convido o leitor a continuar sua leitura. Luiz Alberto Gómez de Souza escreve:

Tempos de mutações
Sempre reagi contra a idéia de uma secularização linear, com o declínio inevitável do sagrado. Este está profundamente presente em nossas sociedades, mas num mundo pluralista e de pós-cristandade. E nem sempre nós católicos soubemos entender esses novos tempos e viver um outro clima(1).

O filósofo católico Pietro Prini, num livro provocador, falou de um cisma oculto ou subterrâneo (scisma sommerso), a partir de uma quebra de comunicação entre a Igreja e a sociedade: "O 'aggiornamento' da Igreja no mundo contemporâneo, iniciado no Concílio e continuado por uma geração de teólogos excepcionalmente preparada e aberta, foi estancado nos últimos anos, logo quando era necessário ter a coragem de confrontar a Fé com os resultados doutrinários e metodológicos das ciências antropológicas de hoje". Rompeu-se a comunicação entre o emissor da mensagem com seus códigos tradicionais (a Igreja) e o receptor contemporâneo com sua nova sensibilidade e novas necessidades. Sempre deve haver uma reciprocidade ativa entre quem envia e quem recebe uma mensagem. Este último não é um ser passivo, que acolhe com indiferença enunciados gerais, a-históricos ou passadistas, mas com uma qualificação psicológica, mental, social e histórica precisa(2). Uma linguagem em descompasso histórico passa a não dizer-lhe grande coisa. Seu comportamento vai se configurando à margem de normas e prescrições que lhe parecem estranhas ou incompreensíveis.

Frente a uma ética e a receitas com invólucros de outros tempos, muitos fiéis não entram em heresia (negação de uma doutrina), mas tomam um distanciamento da autoridade (distacco em italiano), que caracterizaria mais bem um cisma de fato, um não recebimento de uma mensagem ou ordem na qual não descobre sentido. Não se trata propriamente de indiferença, mas de um processo de filtragem. Isso fica claro no que se refere à ética da sexualidade (uso de anticoncepcionais, por exemplo). As falas do magistério podem perder-se no vazio da não-comunicação. Uma pesquisa para o New York Times, em 1993, do jornalista católico Peter Steinfels, indicava que 8 entre 10 católicos norte-americanos não aceitavam a afirmação de que o uso de métodos artificiais de controle da natalidade era errado; 9 de cada 10 consideravam que alguém que utilizasse métodos artificiais poderia ser um bom católico(3).

Prini fez a crítica a um certo "personalismo substancial" que se baseia numa noção de essência imutável, para contrapô-lo a um "personalismo intersubjetivo", baseado na intercomunicação e na troca de conhecimentos e de sensibilidades(4). É praticamente o "personalismo comunitário" de Emmanuel Mounier e a relação Eu-tu de Martin Buber(5). A doutrina não teria de adaptar-se passivamente a novas exigências, o que seria cair num relativismo ético, mas tratar de entender os novos códigos de linguagem, rever-se sem renunciar a solidariedades profundas, integrar novas descobertas e entrar em sintonia fina com a consciência histórica em transformação. Aliás, a noção de "consciência histórica", que aprendemos na JUC dos anos 60 com nosso mestre Pe. Henrique de Lima Vaz, nos ajudaria a esse respeito(6).

Uma agenda para o mundo
Uma nova agenda para a Igreja teria de partir das premissas acima enunciadas. Começamos com os grandes temas do mundo de hoje, que deveriam fazer parte dessa agenda atualizada da Igreja. Mas ao lado deles, temos os outros, em sua vida interna. Para usar termos dos tempos do Vaticano II, elementos ad extra e ad intra. Há que partir dos primeiros, para evitar uma visão apenas voltada para dentro da instituição... (continua)

Notas:
(1) "Secularização em questão e potencialidade transformadora do sagrado" in L. A. Gómez de Souza, A utopia surgindo no meio de nós. Rio de Janeiro, Mauad, 2003, pp. 91-108.
(2) Pietro Prini, Lo scisma sommerso. Il messagio cristiano, la società moderna e la chiesa católica. Garzanti, 1999, p. 9.
(3) Peter Steinfels, A people adrift. The crisis of the Roman Catholic Church in America. N.Y., Simon & Schuster, 2003, p. 258. O título é severo: Um povo à deriva.
(4) Prini, op. cit., pp. 85-90
(5) Mounier, "Manifeste au service du personnalisme", Oeuvres, vol I, Paris, Seuil, 1961 pp. 481-649. Roberto Bartholo Jr. Você e eu. Martin Buber. Presença palavra, Rio de Janeiro, Garamond, 2001.
(6) Henrique de Lima Vaz, "Consciência cristã e responsabilidade histórica", in Herbert José de Souza e L. A. Gomez de Souza (eds.), Cristianismo hoje. Rio de Janeiro, Ed. Universitária da UNE, 1962.


Luiz Alberto Gómez de Souza é doutor em sociologia pela Universidade de Paris. Militou na JEC desde 1950 e depois na JUC, onde foi membro da equipe nacional; Secretário Geral da JEC Internacional. Assessorou D. Helder Camara na preparação do Concílio. Foi funcionário das Nações Unidas (CEPAL, Chile e México, FAO, Roma) e professor em Universidades do Rio de Janeiro. Assessor de movimentos sociais e pastorais.

Fonte: Notícias - IHU On-Line: 21.04.2010

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Se alguém, distraído, ainda não viu minha página

Caso alguém distraído, que gosta de Bíblia e se dedica aos estudos bíblicos, ainda não tenha visitado a Ayrton's Biblical Page, lembro ao arvoado '-' que a conhecida biblioteca do Pontifício Instituto Bíblico de Roma o faz regularmente, desde... desde... ora, desde muito tempo. Uns 7 ou 8 anos, acho :)

O que me deixa \o/

Clique em Pontificio Istituto Biblico, depois em Biblioteca, em seguida em Siti utili, e lá está Siti in ambito archeologico-biblico. Veja em que seleta companhia está a Ayrton's Biblical Page!


Agradeço a quem me colocou lá. Por sua generosidade.

Agora, falando sério, há variadas maneiras de se fazer pesquisa na poderosa biblioteca. Faça uma visita. E teste: procure por Liverani, Mario ou por Finkelstein, Israel. Ou, ainda, por Alonso Schökel, Luis ou por Mesters, Carlos. Ou por Dias da Silva, Cássio Murilo.

domingo, 18 de abril de 2010

Dicionário Semântico do Hebraico Bíblico

Dicionário Semântico do Hebraico Bíblico (DSHB) é a versão e adaptação para o português do Semantic Dictionary of Biblical Hebrew (SDBH). O projeto SDBH teve início em 2002, sob os auspícios da United Bible Societies, visando a produção de um dicionário completo do hebraico bíblico organizado a partir de uma perspectiva semântica.

O dicionário deve ser produzido concomitantemente em várias línguas modernas [está em inglês, francês, espanhol e português]. Tanto o SDBH como o DSHB foram projetados como dicionários eletrônicos para publicação na internet.

The Semantic Dictionary of Biblical Hebrew (SDBH) project is carried out under the auspices of the United Bible Societies. Its aim is to build a new dictionary of biblical Hebrew that is based on semantic domains.

O impacto das novas mídias sobre o campo religioso

Midiatização traz mudanças no campo religioso

Estudiosos da religião e dos meios de comunicação assinalaram que a midiatização da religião está gerando profundas mudanças na concepção da autoridade institucional dos movimentos e grupos religiosos no mundo.

Rolando Pérez - Chicago, quarta-feira, 14 de abril de 2010

No Congresso sobre Comunicação Religiosa, realizado em Chicago de 7 a 12 de abril, Stewart Hoover sustentou que as pessoas experimentam hoje uma intensa busca de espiritualidade coletiva e individual através de outros espaços, diferentes daqueles que a religião tradicionalmente institucionalizada oferece. Diretor do Centro para os Meios, a Religião e a Cultura da Universidade de Colorado, Hoover afirmou que “as instituições religiosas tradicionais sentem-se ameaçadas porque os meios provêem um novo contexto no qual os crentes podem compartilhar idéias, símbolos e valores comuns”. Neste novo cenário, os fiéis recriam a fidelidade religiosa, construindo novas imagens de autoridade e pertença, acrescentou. O presidente da Associação Mundial para a Comunicação Cristã (WACC, a sigla em inglês), Denis Smith, sustentou que em vários países do mundo se observa, por um lado, que junto com a perda de poder cultural que a religião tradicional experimenta, há uma significativa emergência de novos atores religiosos que aparecem como menos hierarquizados e marcados por uma perspectiva empresarial da fé. Nesse contexto, os meios se converteram em plataformas públicas das tensões e negociações que o campo religioso contemporâneo dá conta, disse Smith. “Vivemos numa época em que a extraordinária efervescência da indústria tecnológica convive com ancestrais tradições culturais, e o crescente pluralismo coexiste com os neofundamentalismos”, avaliou (...) A professora universitária Heidi Campbell, do Texas, compartilhou suas recentes pesquisas sobre religião no ciberespaço. Ela detectou que as práticas religiosas virtuais que transitam no mundo da Internet contribuem para a construção de novas formas de estabelecimento da autoridade religiosa, tanto no interior das comunidades de fé como na esfera pública. “A Internet está criando novos líderes religiosos e novas comunidades de fé. E isto afeta não só os papéis senão também as estruturas de autoridade e os padrões de organização
sobre os quais tradicionalmente se afirmaram as igrejas e os grupos religiosos”, afirmou.

Leia o texto completo.

Leia Mais:
Impact of communication technologies on religious communication
The World Association of Christian Communication (WACC) convened a panel of global partners, April 10, to discuss the impact of communication technologies on religious communication. Panelist Rolando Pérez from Peru discussed the mediatisation of religious practices in Latin America, a region which although becoming religiously diverse, remains predominantly Catholic.

Fonte: Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (ALC)

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Google implanta busca de mensagens no Twitter

Google implanta busca de tuítes antigos no serviço de microblogs
"O Google anunciou que colocou à disposição uma ferramenta que garimpa tuítes antigos, a partir de um termo específico procurado pelo usuário. O anúncio foi feito no blog oficial da companhia, na quarta-feira (14). Ainda em caráter de testes e com enfoque na língua inglesa, o serviço tem como objetivo suprir as falhas na busca em tempo real do Twitter para postagens mais antigas. O serviço também aponta estatísticas relativas a períodos determinados --entretanto, é possível efetuar buscas somente a partir do mês de fevereiro; períodos anteriores ainda não estão disponíveis-- a partir do mês, dia, hora e minuto. É possível observar, por intermédio de um gráfico, o volume de tuítes referentes ao termo pesquisado. No entanto, o serviço não fornece números absolutos de um termo no período especificado..."

Uma boa notícia!

Fonte: Folha Online: 15/04/2010 - 09h37

terça-feira, 13 de abril de 2010

N T Wrong e os biblioblogueiros, segundo Crossley

James Crossley, professor da Universidade de Sheffield, Reino Unido, e biblioblogueiro, publicou um artigo sobre o fenômeno N. T. Wrong e sua relação crítica com a biblioblogosfera.

O artigo, que não está disponível online, foi publicado na revista The Bible and Critical Theory, da Universidade Monash, Austrália, no vol. 6, n. 1, março de 2010.

Lembro aos interessados que N. T. Wrong é o pseudônimo de alguém extremamente brilhante que passou pela biblioblogosfera, arrasou e sumiu.

Até hoje ninguém sabe - e se sabe, não diz - quem ele é. E se ele existiu mesmo, de se pegar, como diz o poeta.

Leia o abstract de N.T. Wrong and the Bibliobloggers:
This article builds upon an earlier political analysis of the phenomenon of biblical scholars blogging (‘bibliobloggers’) by incorporating the pseudonymous biblioblogger, ‘N.T. Wrong’. Developing Herman and Chomsky’s Propaganda Model and various ideas concerning surveillance, it is clear Wrong was (and is) a stark opposite to the consistent trend among bibliobloggers that buys into the language and ideas of US-led power, most notably concerning the ‘war on terror’ and Orientalism. Through the pseudonymous persona, Wrong’s blog also ran counter to a culture of surveillance, of which blogging and related internet phenomena are now an integral part. While running counter to these trends in biblioblogging, Wrong became the exception proving the ‘rule’ of the Propaganda Model. Through bibliobloggers ignoring Wrong’s politics on issues relating to US foreign policy so central to the Propaganda Model (and while freely discussing equally ‘non-biblical’ topics), the analysis of biblioblogging as a reflection of the concerns of the Propaganda Model is reinforced. This is shown through dicussion of a number of Wrong’s blog entries and further suggestions are then made concerning the function of liberal and former leftist supporters of imperialism in relation to biblioblogging and the Propaganda Model.

Resenhas na RBL: 09.04.2010

As seguintes resenhas foram recentemente publicadas pela Review of Biblical Literature:

Michael Bachmann
Anti-Judaism in Galatians? Exegetical Studies on a Polemical Letter and on Paul's Theology
Reviewed by Kevin McCruden

Michael F. Bird
Are You the One Who Is to Come? The Historical Jesus and the Messianic Question
Reviewed by Christopher W. Skinner

Mark J. Boda
A Severe Mercy: Sin and Its Remedy in the Old Testament
Reviewed by Erhard S. Gerstenberger

Walter Brueggemann
Divine Presence amid Violence: Contextualizing the Book of Joshua
Reviewed by Gerrie Snyman

R. Crumb
The Book of Genesis Illustrated
Reviewed by David Petersen

Robert Daly, ed.
Apocalyptic Thought in Early Christianity
Reviewed by Martin Karrer

W. Edward Glenny
Finding Meaning in the Text: Translation Technique and Theology in the Septuagint of Amos
Reviewed by Francis Dalrymple-Hamilton

T. Muraoka
A Greek-English Lexicon of the Septuagint
Reviewed by Frederick Danker

James Reitman
Unlocking Wisdom: Forming Agents of God in the House of Mourning
Reviewed by Craig G. Bartholomew

Akira Satake
Die Offenbarung des Johannes: Redaktionell bearbeitet von Thomas Witulski
Reviewed by Russell Morton


>> Visite: Review of Biblical Literature Blog

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Observatório Bíblico está no Twitter: Follow me

Superando o preconceito que tinha contra a ferramenta dos "apenas 140 caracteres", abri ontem uma conta no Twitter.

Para colocar lá, principalmente, os títulos das postagens do Observatório Bíblico. Estou usando o Twitter Feed e a publicação é automática.




Quem me convenceu?

Li ontem vários textos sobre o Twitter. Dois, especialmente, foram muito proveitosos, no Gerenciando Blog:
. Divulgando seu blog no Twitter - Parte 1
. Divulgando seu blog no Twitter - Parte 2

Ele diz:
Há formas interessantes de utilizá-lo a seu favor, especialmente para divulgar artigos e idéias que você já escreve em seu blog. A idéia é simples: as pessoas que se tornarem seus “seguidores” no Twitter, passarão a receber as mensagens que você escrever. Nesta primeira parte do artigo, mostrarei os passos iniciais na ferramenta. Além disso, o Twitter é mais uma vitrine onde seus artigos podem ser exibidos e encontrados por pessoas interessadas no tema de seu blog (...) Pelos motivos expostos acima, acredite: vale a pena investir na ferramenta.

Atualização: 12/04/2010 - 23h30
No Dicas Blogger há muitos posts interessantes sobre o Twitter.

Os Dez Mandamentos - Edição Revista e Atualizada

"Como sociedade, desejamos não somente sobreviver, mas viver com qualidade de vida, e porque não, com felicidade. E isto implica elencarmos de forma ordenada os resultados mínimos a serem atingidos, com os processos decisórios correspondentes. Os Mandamentos abaixo elencados têm um denominador comum: todos já foram experimentados e estão sendo aplicados em diversas regiões do mundo, setores ou instâncias de atividade. São iniciativas que deram certo, e cuja generalização, com as devidas adaptações e flexibilidade em função da diversidade planetária, é hoje viável. Não temos a ilusão relativamente à distância entre a realidade política de hoje e as medidas sistematizadas abaixo. Mas pareceu-nos essencial, de toda forma, elencar de forma organizada as medidas necessárias, pois ter um norte mais claro ajuda na construção de uma outra governança planetária. Não estão ordenadas por ordem de importância, pois a maioria tem implicações simultâneas e dimensões interativas. Mas todos os mandamentos deverão ser obedecidos, pois a ira dos elementos nos atingirá a todos, sem precisar esperar a outra vida. Considerando que a obediência à versão original dos Dez Mandamentos foi apenas aleatória, desta vez o Autor teve a prudência de acrescentar a cada Mandamento uma nota de explicação, destinada em particular aos impenitentes".

Leia o excelente artigo Os Dez Mandamentos, de Ladislau Dowbor [quem é Ladislau Dowbor?] que está em Carta Maior: 07/04/2010.


Uma amostra:


VI – Não Viverás para o Dinheiro
"A mudança de comportamento, de estilo de vida, não constitui um sacrifício, e sim um resgate do bom senso. Neste planeta de 7 bilhões de habitantes, com um aumento anual da ordem de 75 milhões, toda política envolve também uma mudança de comportamento individual e da cultura do consumo. O respeito às normas ambientais, a moderação do consumo, o cuidado no endividamento, o uso inteligente dos meios de transporte, a generalização da reciclagem, a redução do desperdício – há um conjunto de formas de organização do nosso cotidiano que passa por uma mudança de valores e de atitudes frente aos desafios econômicos, sociais e ambientais (...) Hoje 95% dos domicílios no Brasil têm televisão, e o uso informativo inteligente deste e de outros meios de comunicação tornou-se fundamental. Frente aos esforços necessários para reequilibrar o planeta, não basta reduzir o martelamento publicitário que apela para o consumismo desenfreado, é preciso generalizar as dimensões informativas dos meios de comunicação. A mídia científica praticamente desapareceu, os noticiários navegam no atrativo da criminalidade, quando precisamos vitalmente de uma população informada sobre os desafios reais que enfrentamos. A pergunta a se fazer a cada ato de consumo, não é só se 'é bom para mim', mas se é bem para o planeta e o bem comum, e buscar um equilíbrio razoável. A opção individual é essencial, mas não suficiente".


English Version: The Ten Commandments (Revised and Updated Edition)

O Vaticano II e o livro de John W. O'Malley

Toda história é tanto contínua quanto descontínua. Eu não conheço nenhum bom historiador que diga que o Vaticano II foi uma ruptura na história da Igreja no sentido de que foi uma quebra radical com a Tradição. Essa é uma acusação irresponsável lançada sobre historiadores responsáveis por pessoas que falam mais a partir da ideologia do que do exame dos escritos dos historiadores que elas atacam, afirma John W. O'Malley em ''Um outro concílio? Só se for em Manila ou no Rio, não em Roma'' Entrevista especial com John W. O'Malley, publicada por Notícias - IHU On-Line, em 23/01/2010.

Tenho ouvido, aqui e ali, elogiosas referências ao livro de John W. O'Malley, O que aconteceu no Vaticano II. O livro chegará aqui? Quando?

Algumas leituras sobre o Vaticano II. E sobre o livro de J. W. O'Malley.

:: A primavera interrompida. O projeto Vaticano II num impasse

:: Dois livros que me impressionam: Helder e Martini

:: Esperando a Páscoa de um novo Concílio

:: O'MALLEY, J. W. Che cosa è successo nel Vaticano II. Milano: Vita e Pensiero, 2010, 400 p. - ISBN 9788834317495.

:: O'MALLEY, J. W. What Happened at Vatican II. Cambridge: Belknap Press of Harvard University Press, 2010, 400 p. - ISBN 9780674047495 (Paperback) -- Hardcover: 2008 - ISBN 9780674031692.

:: Sem o Vaticano II a Igreja poderia ter desaparecido

:: Vaticano II: uma Igreja aberta. Entrevista com John W. O'Malley

:: Viva o Concílio Vaticano II: novo site

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Novidades para blogs: widgets e gadgets III

Leia antes:
Novidades para blogs: widgets e gadgets I
Novidades para blogs: widgets e gadgets II


Endereços úteis para saber mais sobre widgets e gadgets

. Blogger Buster

. Blogger Gadgets

. Blogger Plugins

. Codefusion Lab: 22 Really Useful Website Analysis Tools

. Códigos Blog

. Dicas Blogger

. Dicas para Blogs

. Ferramentas Blog

. Foi Testado

. Gerenciando Blog

. Tricks for New Bloggers

. Usuário Compulsivo


Série completa:
. Novidades para blogs: widgets e gadgets I - Lista de widgets e gadgets instalados
. Novidades para blogs: widgets e gadgets II - Especificação de cada widget/gadget instalado no blog
. Novidades para blogs: widgets e gadgets III - Endereços úteis para saber mais sobre widgets e gadgets

Novidades para blogs: widgets e gadgets II

Leia antes:
Novidades para blogs: widgets e gadgets I


Especificação de cada widget/gadget instalado no blog

01. Quem sou eu
. Função: Perfil - Mostra informações pessoais
. Origem: Blogger - clicar em Design > Elementos da página > Adicionar um Gadget > Perfil
. Como: Fórmulário a ser preenchido

02. Google Pesquisa Personalizada
. Função: Fazer buscas em todos os biblioblogs da página Biblioblogs e na Ayrton's Biblical Page
. Origem: Google - Meus mecanismos de Busca
. Como: Conferir a página Google pesquisa personalizada
. Outra opção: clicar em Design > Elementos da página > Adicionar um Gadget > Caixa de pesquisa

03. Google Tradutor
. Função: Traduz a página para várias línguas
. Origem e modo: Conferir a página Google tradutor

04. Postagens e Comentários
. Função: Fazer inscrições em feeds de posts e comentários no Atom e vários outros leitores
. Origem: Blogger - clicar em Design > Elementos da página > Adicionar um Gadget > Links de inscrição
. Como: Formulário a ser preenchido - sem possibilidade de personalização

05. Arquivo do blog
. Função: lista hierárquica mensal dos posts publicados do começo até hoje
. Origem: Blogger - clicar em Design > Elementos da página > Adicionar um Gadget > Arquivo do blog
. Como: Formulário a ser preenchido - com possibilidade de personalização

06. Marcadores
a. Blogumus
. Função, origem e modo: Confira o post O Blogumus parou de funcionar? Veja a solução
. Outra opção: Label Sphere v2 por Alex Dioso - clicar em Design > Elementos da página > Adicionar um Gadget > Mais gadgets > Label Sphere
b. Marcadores
. Função: marcadores do blog em forma de lista ou nuvem
. Origem: Blogger - clicar em Design > Elementos da página > Adicionar um Gadget > Marcadores
. Como: Formulário a ser preenchido - com possibilidade de personalização

07. Posts Mais Populares
. Função: lista os 10 posts mais acessados pelos visitantes
. Origem e modo: Popular Pages Today, do Feeedjit
. Um bom tutorial em: Gerenciando Blog, no post Feedjit: veja seus visitantes em tempo real
. Outra opção: Conferir o post Widget Posts Mais Comentados (Novo sem Yahoo Pipes/Blogger)

. Outra opção: Origem e modo: Blogger - clicar em Design > Elementos da página > Adicionar um Gadget > Postagens Populares

08. Feedjit Live Blog Stats
. Função: link que leva à página Feedjit de tráfego em tempo real do blog
. Origem: Feedjit Live Blog Stats
. Como: Conferir o post Method to Hide Feedjit Widget [do blog AdSense tricks]
. Outra opção: Conferir o post How to customize feedjit size

. Atualização: 11/04/2010: o Feedjit mudou hoje o modo de acesso e uso, exigindo registro, dados pessoais etc. Ler o post Big Feedjit update with some amazing new features. Um bom tutorial em português: Feedjit: As Novidades do Live Traffic Feed, em Gerenciando Blog - 02/05/2010.

09. Comentários Recentes
. Função: lista com resumos de xx linhas dos xx comentários mais recentes
. Origem: Blogger Buster: clicar em Design > Elementos da página > Adicionar um Gadget > Destaques > Recent Comments
. Como: Formulário a ser preenchido - com possibilidade de personalização.

10. Total de Posts e Comentários
. Função: dá o total de posts e comentários existentes no blog
. Como: Conferir o post Estatísticas de Posts e Comentários do Blog
. Há problemas frequentes no Blogger com o contador de comentários: leia o segundo comentário deste post e também o post Os comentários do seu blog sumiram?

11. Biblioblogs
. Função: Lista de meus biblioblogs preferidos - são os mesmos que estão em minha lista de Blogs que sigo
. Origem e modo: Blogger - clicar em Design > Elementos da página > Adicionar um Gadget > Lista de links

12. Blogroll
. Função: blogroll com as inscrições de biblioblogs feitas no Google Reader
. Origem e modo : Conferir a página do Google Reader

13. Partilhar
. Origem e modo: Conferir a página do AddThis. Em português? Conferir a página Languages

14. Seguidores
. Função e origem: Conferir a página do Google Friend Connect

15. Page Rank: widget com Google, Alexa, Yahoo! e Technorati
. Função: medir o Page Rank dos 4 mecanismos citados
. Origem e modo: Conferir a página do popuri.us
. Outra opção: MyPageRank.net

16. Avalie este Blog: Add Ratings ou avaliação com 5 estrelas
. Função: os visitantes avaliam o blog votando em um sistema de 5 estrelas.
. Origem e modo: Conferir a página do Add Ratings
. Outras opções:
a. Widgetbox: 5-Star Rating Widget
b. Outbrain: Get Widgets. Leia também o post Rating stars: votar, avaliar o texto de site ou blog
c. Blogger em Rascunho: Star Ratings [este recurso está agora no Blogger oficial]. Leia também post Make Star Rating Work for modified Blogger

17. Usuários Online
. Função: contador de usuários online
. Origem e modo: Conferir a página Contador de Usuários Online, do BlogUtils
. Outra opção: whos.amung.us

Continua em:
. Novidades para blogs: widgets e gadgets III

Novidades para blogs: widgets e gadgets I

Aproveitei o recesso escolar da semana passada para colocar algumas bugigangas no Observatório Bíblico: widgets, gadgets e outros trecos que podem ser úteis ou não. Depende do gosto e do uso.

E, como tenho visto, com certa frequência, a busca em meu blog por "novidades para blog", resolvi colocar aqui algumas explicações do que foi feito e como estas "novidades" podem ser implementadas.

Recentemente, como é sabido, tive que fazer a migração do Observatório Bíblico, publicado via FTP para meu site, para um Domínio Personalizado [Custom Domain] em meu próprio provedor, pois o Blogger vai encerrar a publicação via FTP em 1 de maio de 2010. Em seguida, atualizei o blog do Modelo Clássico para o Modelo Layout do Blogger.

E acho que foi aí, deslumbrado com os novos recursos oferecidos pelo Modelo Layout, que resolvi colocar alguns gadgets e/ou widgets no blog, especialmente na barra lateral (sidebar). Se, eventualmente, tornarem-se inconvenientes, a solução é simples: basta um clique em "excluir" e pronto.

Descrevo resumidamente o processo em 3 posts:
. Novidades para blogs: widgets e gadgets I - Lista de widgets e gadgets instalados
. Novidades para blogs: widgets e gadgets II - Especificação de cada widget/gadget instalado no blog
. Novidades para blogs: widgets e gadgets III - Endereços úteis para saber mais sobre widgets e gadgets


Anoto que quase todos os gadgets podem ser inseridos através do Painel do Blogger após o login, clicando-se em: Design > Elementos da página > Adicionar um Gadget. Alguns poucos elementos exigem a seguinte sequência: Design > Editar HTML > Baixar modelo completo > Expandir modelos de widgets - na qual trechos do código serão inseridos diretamente no modelo, no local indicado por um tutorial.

Mas antes lembro que, para aqueles que têm imaginação e habilidade, o Blogger em Rascunho - Blogger in Draft - oferece inúmeras possibilidades para a construção de um belo modelo de blog, totalmente personalizado.


Atualização: 11.06.2010
Estes recursos do Blogger em Rascunho estão, desde ontem, 10.06.2010, disponíveis na página oficial do Blogger. Leia o post do Dicas Blogger: O designer de modelo agora é oficial.


Lista de widgets e gadgets instalados

01. Quem sou eu: meu perfil
02. Google Pesquisa Personalizada: caixa de busca personalizada do Google
03. Google Tradutor: caixa de tradução do blog para várias línguas
04. Postagens e Comentários: caixas de inscrição em feeds Atom e outros leitores
05. Arquivo do blog: lista hierárquica mensal dos posts publicados do começo até hoje
06. Marcadores: Blogumus e Marcadores do Blogger
07. Posts Mais Populares: Popular Pages Today do Feeedjit
08. Feedjit Live Blog Stats: Link para o tráfego ao vivo do Feedjit
09. Comentários Recentes: lista com resumos de 2 linhas dos 5 comentários mais recentes
10. Total de Posts e Comentários: estatísticas do blog
11. Biblioblogs: lista de meus biblioblogs preferidos
12. Blogroll: blogroll com as inscrições de biblioblogs feitas no Google Reader
13. Links [atom feed - blogger - feed validator - ping-o-matic- add to my yahoo! - addthis]
14. Seguidores: Google Friend Connect
15. Widget com Google, Alexa, Yahoo! e Technorati [Page Rank]
16. Avalie este Blog: Add Ratings ou avaliação com 5 estrelas
17. Usuários online


Continua em:
. Novidades para blogs: widgets e gadgets II

terça-feira, 6 de abril de 2010

Morreu o biblista Erich Zenger

O professor Erich Zenger, nascido em 5 de julho de 1939, faleceu no domingo passado, 4 de abril de 2010, aos 70 anos de idade.

Erich Zenger, renomado exegeta católico alemão, especialista em Antigo Testamento, lecionava na Universidade de Münster (Westfälische Wilhelms-Universität Münster), Alemanha.

Conhecido também por seu diálogo com o judaísmo, este exegeta tem um de seus livros mais populares traduzido no Brasil:


ZENGER, E. et al. Introdução ao Antigo Testamento. São Paulo: Loyola, 2003, 560 p. - ISBN 9788515023288.

Costumo indicar este livro como bibliografia básica em minha Introdução à S. Escritura, disciplina que leciono no Primeiro Ano de Teologia.

Por enquanto, só encontrei a notícia em alemão. Assim, leio na página da Universidade de Münster:

Prof. Dr. Erich Zenger gestorben
Der Exzellenzcluster „Religion und Politik“ trauert um sein aktives Mitglied Prof. Dr. Erich Zenger, dessen inspirierende und engagierte Mitarbeit uns allen unvergesslich bleiben wird. Erich Zenger gehörte schon zu der kleinen Gruppe von Wissenschaftlern, die unseren Antrag vor den internationalen Gutachtern in Bonn vertraten. Obgleich bereits emeritiert, nützte uns sein wissenschaftliches Renommee wie sein Engagement, mit dem er stets auch persönlich beeindruckte. Der Exzellenzcluster fühlt sich seiner Art, Wissenschaft zu betreiben und zugleich den Dialog mit der Öffentlichkeit zu suchen, aufs Tiefste verbunden.
Gerd Althoff, Sprecher

E o comunicado da Universidade de Münster à imprensa:

Angefügt die Pressemitteilung der Universitätspressestelle der WWU Münster vom 5. April 2010:
"Prof. Dr. Erich Zenger, einer der renommiertesten alttestamentlichen Bibelwissenschaftler im deutschsprachigen Raum, ist am Oster-Wochenende im Alter von 70 Jahren verstorben. Der Wissenschaftler der Universität Münster hat sich insbesondere um den christlich-jüdischen Dialog verdient gemacht. Im vergangenen Jahr erhielt er dafür die Buber-Rosenzweig-Medaille. Der Deutsche Koordinierungsrat (DKR) der Gesellschaften für Christlich-Jüdische Zusammenarbeit würdigte mit der Verleihung seine 'jahrzehntelangen Verdienste'.

Hervorgetreten ist Prof. Zenger unter anderem durch seine Arbeiten am Psalmenbuch. Seine 'Einführung in das Alte Testament' gilt als Standardwerk der Bibelwissenschaften. Der Theologe war Mitglied im Gesprächskreis 'Juden und Christen' beim Zentralkomitee der Deutschen Katholiken und in der Arbeitsgruppe 'Fragen des Judentums' der Deutschen Bischofskonferenz. Mit seinen wissenschaftlichen Arbeiten zum hebräischen Teil der Bibel habe er weit über den katholischen Raum hinaus 'bleibende und zukunftsweisende Perspektiven eröffnet und kräftige Impulse gegeben' habe. Zenger stehe auch überkonfessionell 'für den Weg der Erneuerung der Christen in ihrem Verhältnis zu den Juden', so der DKR.

Erich Zenger wurde am 5. Juli 1939 geboren. Er studierte Katholische Theologie und Altorientalische Sprachen in Rom - wo er 1964 zum Priester geweiht wurde -, Jerusalem, Heidelberg, Münster und Würzburg. 1971 wurde er in Würzburg promoviert und 1972 an die kirchliche Theologische Hochschule in Bayern berufen. Von 1973 bis zu seiner Emeritierung 2004 leitete er das Seminar für Zeit- und Religionsgeschichte des Alten Testaments der Universität Münster. Im Laufe dieser Jahre engagierte er sich in zahlreichen Gremien der akademischen Selbstverwaltung. Auch nach seiner Emeritierung wirkte er an Forschungsprojekten, zum Beispiel dem DFG-Projekt 'Wissenschaftlicher Kommentar zum Buch der Psalmen' mit".


Leio também o que saiu em alguns jornais alemães, a partir da agência de notícias ddp:
Der Münsteraner Theologe Erich Zenger ist tot. Er starb am Osterwochenende im Alter von 70 Jahren, wie eine Sprecherin der Universität Münster mitteilte. Zenger galt als einer der renommiertesten alttestamentlichen Bibelwissenschaftler im deutschsprachigen Raum. Er hatte sich vor allem um den christlich-jüdischen Dialog verdient gemacht. Im vergangenen Jahr erhielt er dafür die Buber-Rosenzweig-Medaille. Zengers "Einführung in das Alte Testament" gilt als Standardwerk der Bibelwissenschaften. Der Theologe war Mitglied im Gesprächskreis Juden und Christen beim Zentralkomitee der Deutschen Katholiken und in der Arbeitsgruppe Fragen des Judentums der Deutschen Bischofskonferenz (ddp - Deutscher Depeschendienst)

Ou, também em alemão:
Erich Zenger (* 5. Juli 1939 in Dollnstein; † 4. April 2010 in Münster[1]) war ein römisch-katholischer Theologe und Universitätsprofessor. Er war einer der bedeutenden alttestamentlichen Bibelwissenschaftler unserer Zeit, der sich insbesondere um den jüdisch-christlichen Dialog verdient gemacht hat. In den vergangenen Jahren ist Zenger vor allem durch seine Arbeiten am Psalmenbuch hervorgetreten. Seine „Einleitung in das Alte Testament“ gilt als Standardwerk der Bibelwissenschaften (Wikipedia: Erich Zenger)

Leia também no blog de Jim West, Zwinglius Redivivus, o post, de hoje, Very Sad News: The Death of Erich Zenger.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

sexta-feira, 2 de abril de 2010

A Semana Santa em Ouro Preto e Mariana

No blog do Nassif [em link agora sumido] encontrei: com a música Paixão e Fé, do Tavinho Moura e Fernando Brant, cantada por Milton Nascimento, um belo vídeo com imagens de Ouro Preto e Mariana [infelizmente o Nassif sumiu com seus antigos posts!]. Reencontrei o vídeo aqui.

Veja Ouro Preto, Mariana e a maria-fumaça em belas fotos - em Mariana morei e estudei durante um ano e meio! - e Milton Nascimento na Casa de Portinari

Leia Mais:
35ª Semana de Portinari começa neste sábado
Semana de Portinari terá 33 atrações em Brodowski - SP

> Atualização feita em 15.08.2010

quinta-feira, 1 de abril de 2010

BiblioblogNED Top 30 - Março de 2010

Para os biblioblogs em neerlandês, veja a lista BiblioblogNED Top 30 - Março de 2010.

O que é o BiblioblogNED?

Leia: BiblioblogNED: uma rede de biblioblogs em holandês.

Biblical Studies Carnival 52

Seleção de algumas postagens em inglês, consideradas as melhores de março de 2010.

Trabalho feito por Jim West, em seu blog Zwinglius Redivivus.