sexta-feira, 18 de junho de 2010

Morreu o escritor José Saramago (1922-2010)

Última atualização: 21/06/2010 - 11h00

Ganhador do Nobel de Literatura de 1998, Saramago morreu nesta sexta-feira, 18 de junho de 2010, em sua casa em Lanzarote, nas Ilhas Canárias, onde morava com sua mulher, a espanhola Pilar del Río.

Na página da Fundação José Saramago, li:
Hoje, sexta-feira, 18 de Junho, José Saramago faleceu às 12.30 horas na sua residência de Lanzarote, aos 87 anos de idade, em consequência de uma múltipla falha orgânica, após uma prolongada doença. O escritor morreu estando acompanhado pela sua família, despedindo-se de uma forma serena e tranquila - Fundação José Saramago: 18 de Junho de 2010.

Hoy viernes 18 de Junio, José Saramago ha fallecido a las 12:30 horas en su domicilio de Lanzarote, a los 87 años de edad, a consecuencia de un fallo multiorgánico después de una larga enfermedad. El escritor murió acompañado de su familia, despidiéndose de una forma serena y plácida - Fundación José Saramago: 18 de junio de 2010.


"É urgente voltar à filosofia e à reflexão"
É a melhor despedida que um escritor pode ter. Leitores e amigos de todos os cantos do mundo fazem suas homenagens, compartilhando a certeza de haverá sempre muito para ler e reler. E reler, como ensinou José Saramago, é uma das armas para enfrentar a presença e o avanço da barbárie no mundo. A melhor maneira de homenagear Saramago e honrar o seu legado é mantendo suas palavras vivas, circulando pelo mundo. É essa a homenagem que a Carta Maior quer prestar neste momento, dedicando o editorial desta semana à palavra e ao exemplo de vida deixado pelo escritor português (Editorial - Carta Maior: 18/06/2010)

:: José Saramago: El escritor que nunca se escondió - El País.com: 18/06/2010


:: Morre aos 87 anos o escritor português José Saramago - Folha.com: 18/06/2010

:: José Saramago (1922-2010) - Especial da Folha.com

:: O Caderno de Saramago segundo o Times

:: O blog vai iluminando o caminho do seu autor. É essa a sua virtude, diz Saramago

:: Veja todos os livros publicados por Saramago - Folha.com: 18/06/2010 - 11h10

:: Conheça livros de José Saramago (1922-2010) publicados no Brasil - Folha.com: 18/06/2010 - 9h44

:: Portugueses lamentam morte do "único Nobel" - Folha.com: 18/06/2010 - 12h55

:: As homenagens a Saramago no Portal - Luis Nassif Online: 18/06/2010 - 15:02


:: Saramago conseguiu a proeza de ser um grande romancista moderno - Leyla Perrone-Moisés - Especial para a Folha: 19/06/2010 - 06h49

:: E Saramago chorou - Notícias: IHU On-Line - 19/06/2010

:: Deus é o silêncio do Universo e o ser humano o grito que dá sentido a esse silêncio - Notícias: IHU On-Line - 21/06/2010

2 comentários:

airtonjo disse...

E Saramago chorou: ao receber a notícia de que ganhara o Nobel de Literatura, Saramago ficou surpreendido e emocionado. Era 1998 e o escritor português estava no aeroporto de Frankfurt, Alemanha, prestes a embarcar de volta para casa, depois de ter visitado a conhecida Feira do Livro.

De volta ao pavilhão português na Feira do Livro de Frankfurt para enfrentar uma multidão de jornalistas, Saramago dedicou o prêmio a todos os falantes da língua portuguesa: "Aceitem como vosso um prémio que tem que ser entregue a uma pessoa que o encara como pertencendo a todos".

Fonte: Notícias: IHU On-Line 19/06/2010 - Texto publicado na edição de 9 de Outubro de 1998 do jornal português O Público e reproduzido pelo mesmo jornal em 18/06/2010 - 17h50. Escrita por Isabel Braga, o título da reportagem é: E Saramago chorou.

airtonjo disse...

No Brasil, 25 de julho é o Dia do Escritor. Escrever é um trabalho insano, já dizia célebre sábio. Ah, mas como é prazeroso ser um despertador de mundos!

Postar um comentário