terça-feira, 18 de maio de 2010

O Império e o Irã

Última atualização: 30/05/2010 - 14h10

Penso que o caso do Irã ainda vai render, porque o motivo da contenda é geopolítico e um Império que tem o poder do Armagedon na ponta dos dedos não vai desistir fácil.

Muitas casos ainda serão contados, mas, já que estamos envolvidos, não devemos perder a memória das coisas...

:: O Império visa as rotas do petróleo

:: Israel está preparado para guerra com Irã, diz vice de Netanyahu - Folha Online: 10/05/2010 - 12h47

:: Irã, Turquia e Brasil chegam a acordo, diz chanceler turco - Folha Online: 16/05/2010 - 18h28

:: Sarkozy agradece a Lula por ajuda na libertação de francesa detida no Irã - Folha Online: 16/05/2010 - 11h52

:: Conversa Afiada: Reuters e Al Jazeera no Irã: Lula obtém a maior vitória da diplomacia brasileira

:: Iran 'agrees' nuclear fuel swap - Al Jazeera

:: Há um milhão de razões para se construir a paz e nenhuma para a guerra, diz Lula sobre as negociações com o Irã - Folha Online

:: Se, infelizmente, o acordo com o Irã der certo, a culpa é de quem? Do Lula, charlam certas aves - Cf. o Blog do Emir

:: A indisposição ocidental com o Irã tem raízes geopolíticas e não nucleares, diz consultor da AIEA - Opera Mundi

:: O ceticismo é daqueles que não querem que haja acordo com o Irã, diz Marco Aurélio Garcia - BBC Brasil

:: Peres promised open peace talks if Syria cuts Iran ties - Haaretz

:: Assad: Reality proves Israel is not interested in peace and there is therefore nothing more to say - Haaretz

:: O ressentimento da velha mídia brasileira com o sucesso de Lula no Irã - Leandro Fortes, em Brasília, eu vi


:: Quem saiu fortalecido foi o Brasil. Sem opção, EUA tentam desqualificá-lo - Deutsche Welle

:: A cúpula de Teerã viola os interesses dos centros hegemônicos, que lutarão para manter o impasse nuclear - Opera Mundi

:: Por que os EUA resolveram torpedear o acordo Brasil/Turquia/Irã? pergunta Clóvis Rossi, da Folha

:: Brasil e Turquia representam o pós-Ocidente emergente, enquanto os Grandes Poderes fracassam, diz Roger Cohen

:: Antes de acordo, Obama disse a Lula que tratado nuclear com Irã criaria confiança - Folha Online: 21/05/2010 16h26

:: Escalada de sanções é atalho para ação militar contra Irã - Breno Altman, em Opera Mundi - 23/05/2010

:: É válido o argumento israelense de que mantém seu arsenal nuclear com responsabilidade? Folha.com 23/05/2010 - 22h01

:: U.S. Is Said to Expand Secret Actions in Mideast - The New York Times - By Mark Mazzetti - May 24, 2010

:: De Obama para Lula: as cartas não mentem jamais - Por Flávio Aguiar, na Rede Brasil Atual


:: A carta de Barack Obama a Lula sobre acordo com o Irã - Folha.com: 27/05/2010 - 02h30

:: Uma breve avaliação do acordo nuclear intermediado pelo Brasil - Bruno Lima Rocha - Notícias: IHU On-Line - 28/05/2010

:: Sobre a imprensa brasileira, Lula e o Irã, Leonardo Boff escreveu: A saudade do servo na velha diplomacia brasileira - Notícias: IHU On-Line - 30/05/2010


Estão lembrados de que Bush cogitava invadir o Irã em 2006? Refrescando a memória:

:: Neste restinho de milênio não dá para fazer mais nada que seja humano?

:: EUA amenizam denúncias sobre possível ataque ao Irã

:: EUA já planejam ataque militar contra Irã, diz New Yorker

:: Quem ganha com o caos criado por Israel no Líbano?

:: Por que Israel massacra civis libaneses com o consenso de Bush? O alvo é o Irã

:: Leitores elegem Estados Unidos maior ameaça à segurança do mundo

2 comentários:

airtonjo disse...

U.S. Is Said to Expand Secret Actions in Mideast - The top American commander in the Middle East has ordered a broad expansion of clandestine military activity in an effort to disrupt militant groups or counter threats in Iran, Saudi Arabia, Somalia and other countries in the region, according to defense officials and military documents. The secret directive, signed in September by Gen. David H. Petraeus, authorizes the sending of American Special Operations troops to both friendly and hostile nations in the Middle East, Central Asia and the Horn of Africa to gather intelligence and build ties with local forces. Officials said the order also permits reconnaissance that could pave the way for possible military strikes in Iran if tensions over its nuclear ambitions escalate...

Fonte: The New York Times - By Mark Mazzetti - Published: May 24, 2010

Denúncia! EUA preparam guerra contra o Irã desde setembro do ano passado!
Agora entendo porque Hillary Clinton ficou tão aborrecida com a intervenção de Brasil e Turquia no imbróglio nuclear iraniano. Matéria do New York Times, publicada hoje, informa que os EUA lançaram, desde setembro do ano passado, uma ofensiva militar clandestina no oriente médio, visando preparar o terreno para um futuro ataque militar a países hostis, sobretudo o Irã. O ataque se daria (ou se dará) em virtude dos desentendimentos entre EUA e Irã na questão atômica. Parece que o Brasil, realmente, atrapalhou os planos de guerra dos falcões de Washington... E sabe o que é mais sinistro? Segundo a matéria, esse tipo de ação não requer autorização do presidente da república, como é o caso de operações similares feitas pela CIA. O objetivo principal dos agentes enviados ao oriente médio é detectar movimentos de oposição aos governos "inimigos". Leia-se, novamente, Irã. Com isso, o ataque militar ao Irã deveria ser acompanhado por algum tipo de golpe de Estado promovido por dissidentes do regime persa devidamente financiados e instruídos por agentes americanos. Agora entendo porque tanta propaganda na mídia ocidental contra o Irã...

Fonte: Miguel do Rosário, em Óleo do Diabo - Maio 25, 2010

airtonjo disse...

A voz da imprensa comercial brasileira é mais eco da voz do senhor imperial do que a voz do jornalismo que objetivamente informa e honestamente opina, escreve Leonardo Boff em A saudade do servo na velha diplomacia brasileira - Notícias: IHU On-Line - 30/05/2010

Postar um comentário