terça-feira, 1 de setembro de 2009

Darwin e seu legado

Ecos de Darwin: esté o tema de capa da revista IHU On-Line, edição 306, publicada em 31/08/2009.

Do Editorial:
"Passados dois séculos do nascimento de Charles Darwin (1809-1882), e 150 anos do lançamento da primeira edição de sua obra fundamental, A origem das espécies, a IHU On-Line dedica a matéria de capa desta edição a discutir o seu legado, sua influência dentro e fora do campo das ciências. Uma semana antes do IX Simpósio Internacional IHU: Ecos de Darwin, estas entrevistas podem ser lidas em conjunto com a edição número 300, de 13/07/2009, intitulada Evolução e fé. Ecos de Darwin.

Diversos conferencistas do Simpósio concederam entrevistas e enviaram artigos especiais. O historiador italiano Pietro Corsi, docente na Universidade de Oxford, Inglaterra, assegura que podemos questionar nossa época a partir de Darwin, sobretudo “o pressuposto bastante desarrazoado de que o universo todo foi criado para nós”. Edward Manier, biólogo docente na Universidade de Notre Dame, EUA, enfatiza que Darwin enfraqueceu o antropocentrismo, e que ele “não fez nada para diminuir o status da razão e sentimentos morais”. O cientista jesuíta William Stoeger, da Universidade do Arizona, pondera que não haveria evolução biológica sem a evolução cósmica. Louis Caruana, filósofo, também jesuíta, e professor da Universidade de Londres, analisa a ligação entre a Teoria da Evolução e os fundamentos da moral, além de discutir o mau uso do darwinismo pela eugenia. Aldo Mellender de Araújo, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, se vale da metáfora “espinho na cauda do pavão” para examinar tópicos da seleção sexual darwiniana. O pensamento biogeográfico em tempos darwinianos é o tema de Gervásio Silva Carvalho, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS. O geólogo Charles Smith, professor na Western Kentuky University, nos EUA, examina as conexões entre Wallace e Darwin, enquanto Heloísa Maria Bertol Domingues escreve sobre o darwinismo no Brasil e na América Latina. A filósofa Anna Carolina Krebs Pereira Regner, especialista em Darwin, também enviou artigo especial à IHU On-Line, e Lilian Al-Chueyr Pereira Martins, docente na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP, e pesquisadora da Universidade Estadual de Campinas - Unicamp, complementa a discussão".

São 10 entrevistas:
:: Aldo Mellender de Araújo: A seleção sexual darwiniana: espinho na cauda do pavão
:: William Stoeger: “Sem a evolução cósmica não haveria evolução biológica”
:: Pietro Corsi: O universo não foi criado para nós
:: Louis Caruana: Darwin e os fundamentos da moral
:: Gervásio Silva Carvalho: O pensamento biogeográfico em tempos darwinianos
:: Edward Manier: Darwin enfraqueceu o antropocentrismo
:: Charles Smith: As conexões entre Wallace e Darwin
:: Heloísa Maria Bertol Domingues: O darwinismo no Brasil e na América Latina
:: Lilian Al-Chueyr Pereira Martins: Teoria de Darwin deve ser pensada a partir de Lamarck
:: Anna Carolina Krebs Pereira Regner: Deus e a ciência: a controvérsia interna de Darwin


Leia Mais:
Evolução e Fé: Ecos de Darwin
Charles Darwin Bicentenário
Ecos de Darwin
The Complete Work of Charles Darwin Online
Criacionistas e defensores do design inteligente em apuros com a descoberta do Tiktaalik roseae

Nenhum comentário:

Postar um comentário