terça-feira, 14 de julho de 2009

Evolução e Fé: Ecos de Darwin

Diz o Editorial:
"O legado do cientista britânico Charles Darwin (1809-1882) e sua obra A origem das espécies, lançada há 150 anos, é o tema da edição número 300 da IHU On-Line [de 13/07/2009]. A presente edição é um subsídio para as discussões do IX Simpósio Internacional IHU: Ecos de Darwin, promovido pelo Instituto Humanitas Unisinos – IHU, em parceria com o PPG em Filosofia da Unisinos, de 9 a 12 de setembro de 2009, no campus da Unisinos.

John F. Haught, filósofo norte-americano, criador do conceito de teologia evolucionista, sustenta que as teorias da evolução e da criação divina se complementam, e que vivemos em um universo “emergente”, em constante criação. Para ele, o confronto entre fé e ciência é salutar.

O filósofo norte-americano Daniel Dennett acentua que não fomos criados à semelhança de Deus, e sim que Ele foi criado à nossa semelhança. Darwin destronou-nos de nosso antropocentrismo, provoca.

Massimo Pigliucci, geneticista e biólogo italiano, pondera que ciência não é sinônimo de ateísmo, e que a teoria da evolução teve o mesmo impacto que a revolução copernicana.

A compatibilidade entre epigenética e teoria da evolução é o tema da geneticista Eva Jablonka. Segundo ela, a herança comportamental na evolução se apresenta de várias maneiras, sobretudo por meio de tradições, e os mecanismos epigenéticos recém descobertos ampliam noções de hereditariedade, variação e evolução.

O teólogo dominicano Jean-Michel Maldamé contribui com um artigo exclusivo, no qual aborda a compatibilidade entre ciência e espiritualidade.

O biólogo Nélio Bizzo (USP), que percorreu alguns dos trechos do caminho feito por Darwin a bordo do Beagle, menciona aspectos interessantes dessa viagem. Ele pontua, também, que houve uma trama ardilosa para desacreditar A origem das espécies".

As entrevistas:
  • Eva Jablonka: Epigenética e teoria da evolução. Suas compatibilidades
  • Massimo Pigliucci: “A ciência não significa, necessariamente, ateísmo”
  • Daniel Dennett: Não fomos criados à semelhança de Deus: Ele é que foi criado à nossa semelhança
  • John F. Haught: A nossa compreensão de Deus não pode ser a mesma depois de Darwin
  • Jean-Michel Maldamé: Ciência e espiritualidade
  • Nélio Bizzo: Nos passos de Darwin
Leia Evolução e Fé. Ecos de Darwin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário