terça-feira, 30 de setembro de 2008

Free Online Access to all SAGE Journals

Free online access to all SAGE journals until October 31, 2008

Please feel free to forward this message onto your colleagues—they can register here.

SAGE está oferecendo acesso gratuito ao conteúdo completo de suas mais de 500 publicações online até 31 de outubro de 2008. Promoção semelhante foi feita nas áreas de Bíblia e Teologia no final de 2007, como se pode ver aqui.

Clique aqui e faça sua inscrição.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Machado e G. Rosa: tema de capa da IHU On-Line

Machado de Assis e Guimarães Rosa: intérpretes do Brasil

Este é o tema de capa da edição 275 da IHU On-Line, publicada em 29 de setembro de 2008.

Entrevistas:
:: João Hernesto Weber: Machado e Guimarães Rosa: dois modos de ver o Brasil

:: João Adolfo Hansen: Grande sertão: veredas: “uma máquina de moer ideologias”

:: Luciana Coronel: O olhar machadiano sobre o Brasil

:: Luiz Rohden: Guimarães Rosa, um amante do saber

:: Marcus Alexandre Motta: Uma carta a Guimarães Rosa

:: Cesar Zamberlan: O cinema não consegue se aproximar da genialidade de Machado

:: Leonardo Vieira de Almeida: Rosa e Rulfo: conto e expressão de uma América nova

:: Luis Augusto Fischer: Machado “nunca foi um lutador de praça pública”

:: Susana Kampff Lages: Grande sertão: veredas, um universo de alusões

:: Maria Cristina Cardoso Ribas: Cartas de Machado

:: Flávio Carneiro: Guimarães Rosa: um narrador do Brasil

:: Juracy Assmann Saraiva: Machado expõe a dimensão da pluralidade e da universalidade humana


Leia Mais:
Grande Sertão: Veredas - Seqüências Narrativas
Machado de Assis e Guimarães Rosa no blog

Machado de Assis

O que se deve exigir do escritor antes de tudo, é certo sentimento íntimo, que o torne homem do seu tempo e do seu país, ainda quando trate de assuntos remotos no tempo e no espaço (Machado de Assis).

domingo, 28 de setembro de 2008

Resenhas na RBL: 26.09.2008

As seguintes resenhas foram recentemente publicadas pela Review of Biblical Literature:

Craig D. Allert
A High View of Scripture? The Authority of the Bible and the Formation of the New Testament Canon
Reviewed by Garwood P. Anderson

Philip R. Amidon
Philostorgius: Church History
Reviewed by Alanna M. Nobbs

Stephen Bertman
Handbook to Life in Ancient Mesopotamia
Reviewed by Aren M. Maeir

Sebastian P. Brock
The Wisdom of St. Isaac of Nineveh
Reviewed by Lucas Van Rompay

Michael J. Gorman
Reading Paul
Reviewed by Stephen Finlan

Joseph H. Hellerman
Jesus and the People of God: Reconfiguring Ethnic Identity
Reviewed by Vernon Robbins

Christophe Nihan
From Priestly Torah to Pentateuch: A Study in the Composition of the Book of Leviticus
Reviewed by Jeffrey Stackert

Barbara E. Reid
Taking up the Cross: New Testament Interpretations through Latina and Feminist Eyes
Reviewed by Mary J. Marshall

Bernard Renaud
«Proche est ton Nom»: De la révélation à l'invocation du Nom de Dieu
Reviewed by Jean-Paul Michaud

Joseph B. Soloveitchik; David Shatz, Joel B. Wolowelsky, and Reuven Ziegler, eds.
Abraham's Journey: Reflections on the Life of the Founding Patriarch
Reviewed by Dan W. Clanton Jr.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

A Blogosfera, segundo Technorati

Technorati: State of the Blogosphere / 2008

Welcome to Technorati’s State of the Blogosphere 2008 report, which will be released in five consecutive daily segments:
  • Introduction
  • Day 1: Who Are the Bloggers?
  • Day 2: The What And Why of Blogging
  • Day 3: The How of Blogging
  • Day 4: Blogging For Profit
  • Day 5: Brands Enter The Blogosphere
Leia Mais:
No Brasil temos muitos blogs e poucos biblioblogs

Homenagem a Carlos Mesters

Frei Carlos Mesters recebe homenagem da ABIB
O tema do Congresso foi Jesus e as tradições do antigo Israel, e Frei Carlos ministrou a palestra final sobre Jesus e a tradição sapiencial. Logo após a sua fala e "a excelente e ponderada reação de Maria Antônia Marques (Centro Bíblico Verbo)" iniciaram-se as homenagens a Frei Carlos e também a Archibald Mulford Woodruff, professor de Bíblia no Seminário da IPI (Igreja Presbiteriana Independente) em São Paulo e na Universidade Metodista em São Bernardo do Campo, contou Monika. O membro do CEBI e da comissão organizadora do Congresso, Rafael Rodrigues, dirigiu o ato que foi organizado pelo CEBI Grande São Paulo, sob coordenação de Monika Ottermann, que também é membro da Diretoria Nacional da ABIB. Durante a homenagem a frei Carlos, foram lembradas a dura realidade de vida de muitas pessoas que encontram na leitura popular da Bíblia sua força para lutar e, principalmente, a metáfora do "Varal da Vida" (título do número 218/219 da série "A Palavra na Vida", publicada pelo CEBI). Cantando "Eu venho de longe, eu sou do sertão...", Vanildes Gonçalves do CEBI GO puxou a entrada de uma turma de "retirantes", cebistas do Brasil inteiro que estavam presentes no Congresso e que levaram junto um varal e uma enorme trouxa feita de uma colcha de retalhos. Chegando ao palco, o varal foi estendido e a trouxa revelou seu conteúdo: quase cem livros que frei Carlos escreveu ou ajudou a escrever em co-autoria [sublinhado meu]. Enquanto os livros foram colocados no varal, Rafael leu uma breve biografia de frei Carlos, e no final, Monika entregou um quadro com uma foto de Sebastião Salgado (um "círculo bíblico" junto a um mandacaru) e agradeceu ao homenageado "em nome da ABIB, do CEBI e, sobretudo, em nome do Povo" por tudo que fez ao longo de sua vida.

Fonte: CEBI - Texto escrito por CEBI Grande São Paulo em 15 de setembro de 2008 - 8h48min

Jesus na Historia e na Teologia

Recomendo duas leituras. Duas revistas que chegaram recentemente:

:: Estudos Bíblicos n. 99 - 2008/3: Jesus e as tradições de Israel

Este número de Estudos Bíblicos "enfoca um tema fundamental sob vários aspectos: o Jesus histórico e as primeiras movimentações de grupos seguidores seus, à luz de algumas das mais relevantes tradições da sociedade e religião de Israel" (do Editorial).

Editorial de Archibald Mulford Woodruff e Pedro Lima Vasconcellos.

Artigos de Donizete Scardelai, José Luiz Izidoro, Paulo Augusto de Souza Nogueira, Valtair Miranda, Elisa Rodrigues, Paulo Sergio de Proença, Pedro Lima Vasconcellos, Archibald Mulford Woodruff, Paulo Roberto Garcia e Monika Ottermann.

Resenha escrita por Rafael Rodrigues da Silva sobre: CHEVITARESE, A. L.; CORNELLI, G.; SELVATICI, M. (orgs.) Jesus de Nazaré: uma outra história. São Paulo: Annablume/Fapesp, 2006, 354 p. - ISBN: 8574196290.


:: Concilium n. 326 - 2008/3: Jesus como Cristo: o que está em jogo na cristologia?

Este número de Concilium tem o Editorial "Jesus como o Cristo na nova encruzilhada cultural" assinado por Maria Clara Bingemer, Erik Borgman, Lisa Sowle Cahill e Andrés Torres Queiruga.

Está dividida em duas partes:
. Na primeira, os artigos são de Roger Haight, Sean Freyne, Andrés Torres Queiruga, Maria Clara Lucchetti Bingemer, Lisa Sowle Cahill, Jon Sobrino, Erik Borgman e Felix Wilfred.

. A segunda parte - Documentação/Forum Teológico - traz textos de Robert Schreiter, Rosino Gibellini, José Ignacio González Faus, Karl Gabriel, Hanspeter Heinz, Silvia Scattena e José Antonio Pagola.

Sendo este último uma útil bibliografia comentada sobre o Jesus Histórico, quase toda em português e espanhol.

Einstein em Sao Paulo

Começa exposição sobre Einstein no parque Ibirapuera - Folha Online: 24/09/2008 - 09h51

Exposição sobre Albert Einstein abre nesta quarta-feira em SP - Folha Online: 24/09/2008 - 12h06

Leia Mais:
Acredito no Deus de Spinoza: Einstein
Alguns links para páginas sobre Einstein

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Lutero e os 500 anos da Reforma

Luteranos inauguram a Década da Reforma
Culto festivo realizado ontem [domingo, 21/09/2008] na igreja do Castelo, em Wittenberg, marcou o início da Década de Lutero, que culminará em 2017 com a celebração dos 500 anos da fixação das 95 teses na porta deste mesmo templo. As teses de Lutero preconizavam mudanças na Igreja, dando início ao movimento da Reforma protestante.

Lutero 2017 – 500 anos de Reforma” é o lema da Década, que convida a confrontar as teses do reformador com perguntas da atualidade. A concepção luterana de que a graça de Deus é um presente à humanidade pode ser também hoje uma “força existencial”, disse o presidente da Igreja Evangélica da Alemanha (EKD), bispo Wolfgang Huber. Huber lembrou que Lutero preconizou uma reforma na cabeça e membros “da sua Igreja católica”, e não quis iniciar uma nova igreja. Para a divisão da Igreja também contribuíram fatores bem mundanos, agregou. Responsável pela homilia no culto de abertura da Década, Huber destacou que a pregação de Lutero sobre a liberdade do cristão é de uma tremenda atualidade. Por isso, sugeriu, a Década da Reforma deve ser uma “Década da liberdade". O ministro do Interior da República Federal da Alemanha, Wolfgang Schäuble, recomendou que a Década sirva para incrementar o diálogo com os muçulmanos, sem esquecer a existência de fissuras no cristianismo. Ele frisou que católicos e protestantes estão diante de grandes desafios, que podem ser sobrepujados muito antes se forem encarados em conjunto. “Nós fizemos história”, declarou o presidente da Federação Luterana Mundial (FLM), bispo Mark Hanson, que também preside a Igreja Evangélica Luterana da América (Elca). O que começou na Alemanha há 500 anos abarca, hoje, uma comunidade de 68 milhões de luteranos no mundo, disse. A celebração foi assistida pelo bispo católico Gerhard Feige, de Magdeburg, informa o Serviço de Imprensa Evangélico (EPD) [sublinhado meu]. Para os próximos dez anos serão realizados vários eventos – palestras, seminários, mostras, exposições, celebrações - em Wittenberg, Eisleben, Erfurt e Eisenach, cidades alemãs que tiveram a presença de Lutero. Em setembro de 1508, o monge agostiniano, então com 24 anos, chegava a Wittenberg...

Fonte: ALC - Wittenberg, segunda-feira, 22 de setembro de 2008


Luteranos inauguran Década de la Reforma
Un culto festivo realizado ayer en la iglesia del Castillo, en Wittenberg, marcó el inicio de la Década de Lutero, que culminará en 2017 con la celebración de los 500 años de la colocación de las 95 tesis en la puerta de este mismo templo. Las tesis de Lutero preconizaron cambios en la Iglesia, dando inicio al movimiento de la Reforma protestante...

Fonte: ALC - Wittenberg, lunes, 22 de septiembre de 2008


Lutherdekade in Wittenberg eröffnet
Mit einem Gottesdienst und einer Festversammlung in der Schlosskirche in Wittenberg ist am Sonntag, den 21. September, die Lutherdekade "Luther 2017 – 500 Jahre Reformation“ eröffnet worden. In seiner Festrede vor hochrangigen Gästen aus Politik, Gesellschaft und Kirche erklärte der Vorsitzende des Rates der Evangelischen Kirche in Deutschland (EKD), Bischof Wolfgang Huber, mit der Person Martin Luthers sei eine Faszinationskraft verbunden, die Entdeckerfreude auslöse. Luthers Glaubenseinsicht, dass die Gnade Gottes ein Geschenk ist, könne auch heute "existentielle Kraft“ erschließen. Luthers Thema der Freiheit sei von unüberbietbarer Aktualität. Die Lutherdekade solle eine "Dekade der Freiheit“ sein...

Fonte: Pressestelle der EKD - Silke Römhild - Wittenberg/Hannover, 21. September 2008

domingo, 21 de setembro de 2008

Fundamentalismo, marketing e poder político

Edir Macedo prega que evangélicos tomem o poder

Deus tem um plano político para os fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) e para os evangélicos que sejam seus aliados: governar o Brasil, segundo as palavras do bispo Edir Macedo, fundador e chefe da Igreja Universal, no livro “Plano de poder”, lançado a duas semanas das eleições.

A partir de uma leitura política do Antigo Testamento, Macedo incita os evangélicos à mobilização partidária, seguindo o “projeto de nação” que Deus teria sonhado para os hebreus, que ele chama de cristãos. O livro tem co-autoria de Carlos Oliveira, diretor presidente do jornal “Hoje em Dia”, de Minas Gerais. “Tudo é uma questão de engajamento, consenso e mobilização dos evangélicos. Nunca, em nenhum tempo da história do evangelho no Brasil, foi tão oportuno como agora chamá-los de forma incisiva a participar da política nacional”, escreve Macedo, estimando em 40 milhões a comunidade de evangélicos no país: “A potencialidade numérica dos evangélicos como eleitores pode decidir qualquer pleito eletivo, tanto no Legislativo, quanto no Executivo, em qualquer que seja o escalão, municipal, estadual ou federal” (...) É para essa comunidade, que Macedo chama de cristãos com exclusividade (ele exclui os cristãos católicos brasileiros), que Deus teria feito os planos de governo. No texto — repleto de expressões de linguagem de marketing e administração —, Macedo lança as bases para uma militância evangélica político-partidária (...) Silvana Suaiden, professora de Teologia da PUC-Campinas, vê fundamentalismo por parte de Macedo. "O bispo Macedo faz uma leitura fundamentalista da Bíblia. O que ele entende por povo cristão? Para ele, é, sobretudo, o povo da Iurd. Utilizar a Bíblia para amparar essa tese, principalmente nas eleições, quando existe esse projeto de sustentação da base de políticos evangélicos? É uma jogada". A especialista explica: "A Bíblia tem de ser lida no contexto em que foi escrita. Ler o Antigo Testamento e dizer que ali está escrito que Deus tem um plano para os cristãos, quando não há uma referência aos cristãos? Isso não tem sustentação teológica. Ele (Macedo) pode tentar explicar, mas isso não existe. Pode servir ao discurso do pastor-candidato, mas não se sustenta teologicamente".

Leia o texto completo em Notícias - IHU On-Line: 21/09/2008. Veja no artigo também as opiniões de Roberto Romano, professor de Filosofia na Unicamp, sobre o projeto de Macedo. A reportagem é do jornal O Globo, de 21/09/2008 e foi escrita por Tatiana Farah.

O livro: MACEDO, E.; OLIVEIRA, C. Plano de Poder: Deus, os cristãos e a política. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2008, 128 p. - ISBN 9788578600198.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

O conceito de Terra Prometida e os conflitos atuais

CMI apresenta novas perspectivas sobre o conflito entre Palestina e Israel

A Bíblia "não deve ser utilizada para justificar a opressão ou proporcionar comentários simplistas sobre acontecimentos contemporâneos", concluíram participantes da conferência sobre o conceito de "terra prometida", reunida pelo Conselho Mundial de Igrejas (CMI), em Genebra, de 10 a 14 de setembro.


O conceito de "terra prometida" é central no conflito entre israelenses e palestinos. Ele trouxe novas perspectivas a líderes eclesiásticos e teólogos, que, disseram, mudaram de opinião sobre o conflito após as reflexões realizadas durante essa "confrontação construtiva" organizada pelo CMI. Um dos resultados da conferência é o maior entendimento sobre a questão da terra na Bíblia. Os participantes entenderam que os anos de violência em Israel e na Palestina constituem uma interpelação aos teólogos cristãos para que concebam formas que "afirmem a vida" como resposta ao conflito. O evento foi patrocinado pela Federação Protestante da Suíça e das Igrejas Reformadas Berna-Jura-Soleura e integrou as atividades do Fórum Ecumênico Palestina/Israel, uma iniciativa intereclesial de sensibilização. As 85 pessoas presentes ao encontro eram procedentes da Europa, Oriente Médio, das Américas, África e Ásia. "As contribuições concretas dos cristãos palestinos aos debates ajudaram a transformar de forma significativa a maneira de ver os problemas", disseram as igrejas anfitriãs em comunicado. "No marco de debates controvertidos, e às vezes apaixonados, foi sendo criada uma sensibilidade construtiva em relação aos temas centrais", anotaram. Professores da Europa e da América do Norte expuseram os progressos realizados durante anos de diálogos. Ao reconhecer essa ação reparadora entre cristãos e judeus, a Conferência expressou a esperança de que os cristãos da Palestina e de Israel sejam convidados a participar desses diálogos no futuro, bem como de diálogos similares com os muçulmanos. "Continuamos examinando de forma crítica e criativa as noções de terra prometida", descobrindo as metáforas que sustentam a vida na Bíblia e em nossas tradições, com o objetivo de promover a justiça, a paz, a reconciliação e o perdão, visando a plenitude da vida da terra e de todos seus habitantes", enfatiza o documento final intitulado "Perspectiva de Berna". É particularmente importante fazer uma diferenciação entre a história bíblica e as histórias (narrações) bíblicas, e saber distinguir entre o Israel da Bíblia e o moderno Estado de Israel, afirma o documento. Ao longo de nove debates de especialistas a conferência apresentou diferentes perspectivas em relação ao conceito de "terra prometida" e questões relacionadas.

Leia o texto completo.

Fonte: ALC/CMI - Genebra, sexta-feira, 19 de setembro de 2008


Nuevas perspectivas sobre el conflicto entre Palestina e Israel, luego de conferencia del CMI

Cmi/Alc - Ginebra, viernes, 19 de septiembre de 2008

Una conferencia sobre el concepto de "Tierra Prometida" en la que se presentaron diferentes perspectivas teológicas de esta cuestión clave en el conflicto entre israelíes y palestinos ha aportado a los dirigentes eclesiásticos y teólogos nuevas perspectivas que podrán compartir con sus iglesias al regresar a sus respectivos países. Algunos participantes dijeron que habían cambiado de opinión tras esa "confrontación constructiva" en la reunión organizada por el Consejo Mundial de Iglesias (CMI).


"Promised Land" conference brings about "constructive confrontation", new views on Israel-Palestine conflict

WCC - 15.09.2008 17:34

A conference on "Promised Land" that aired different theological approaches to this key issue in the Israeli-Palestinian conflict has given church leaders and theologians new views to take home to their churches. Some participants said their outlook had been changed by the "constructive confrontation" at the World Council of Churches (WCC) event.


A key result of the conference is a better understanding of the question of land in the Bible, in theology and in the conflict. The conferees said decades of violence in Israel-Palestine challenge Christian theologians to work out "life-affirming" responses to the conflict. The Bible "must not be utilized to justify oppression or supply simplistic commentary on contemporary events", the final document said. The 10-14 September 2008 conference was hosted by the Swiss Protestant Federation and the Reformed Churches in Bern-Jura-Solothurn. The encounter took place as part of the WCC Palestine Israel Ecumenical Forum, an inter-church advocacy initiative. The 85 participants came from Europe, the Middle East, the Americas, Africa and Asia. "Concrete contributions to the discussions from Palestinian Christians helped to significantly change approaches to the issues," the host churches said in a communiqué. "In the controversial and at times passionate debates a constructive sensitivity to the central themes developed." Scholars from Europe and North America outlined progress made in years of dialogues between Christians and Jews. Recognizing this "Jewish-Christian healing" the conference expressed hope that Christians in Palestine-Israel would be welcomed into such dialogues in future and invited similar dialogues with Muslims as well. "Let us continue to critically and creatively examine notions of the 'Promised Land', rediscovering in the Bible and in our traditions life-giving metaphors for promoting justice, peace, reconciliation and forgiveness for the fullness of the earth and all its inhabitants", said the final document, the "Bern Perspective". It is particularly important to differentiate between biblical history and biblical stories, the "Bern Perspective" says, and as well to distinguish between the Israel of the Bible and the modern State of Israel...

Veja: Full text of the Bern Perspective

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Resenhas na RBL: 13.09.2008

As seguintes resenhas foram recentemente publicadas pela Review of Biblical Literature:

Frederick E. Brenk
With Unperfumed Voice: Studies in Plutarch, in Greek Literature, Religion and Philosophy, and in the New Testament Background
Reviewed by Thomas J. Kraus

James H. Charlesworth, ed.
The Bible and the Dead Sea Scrolls: The Second Princeton Symposium on Judaism and Christian Origins
Reviewed by Matthew Goff

Zeba A. Crook and Philip A. Harland, eds.
Identity and Interaction in the Ancient Mediterranean: Jews, Christians and Others: Essays in Honour of Stephen G. Wilson
Reviewed by Thomas W. Gillespie

Rodney J. Decker
Koine Greek Reader: Selections from the New Testament, Septuagint, and Early Christian Writers
Reviewed by Pierre Johan Jordaan

Simcha Fishbane
Deviancy in Early Rabbinic Literature: A Collection of Socio-Anthropological Essays
Reviewed by Mayer I. Gruber

Mark W. Hamilton, Thomas H. Olbricht, and Jeffrey Peterson, eds.
Renewing Tradition: Studies in Texts and Contexts in Honor of James W. Thompson
Reviewed by Nathan Guy

Renate Jost
Gender, Sexualität und Macht in der Anthropologie des Richterbuches
Reviewed by Trent Butler

Matthew Kraus
How Should Rabbinic Literature Be Read in the Modern World?
Reviewed by Joshua Schwartz

Larry J. Kreitzer
Hierapolis in the Heavens: Studies in the Letter to the Ephesians
Reviewed by Daniel Darko
Reviewed by Stephan Witetschek

Xabier Pikaza
Diccionario de la Biblia: Historia y Palabra
Reviewed by Daniel Bonilla-Rios

Roger Ryan
Judges
Reviewed by Victor H. Matthews

Daniel L. Smith-Christopher
Jonah, Jesus, and Other Good Coyotes: Speaking Peace to Power in the Bible
Reviewed by Hector Avalos

Nili Wazana
All the Boundaries of the Land: The Promised Land in Biblical Thought in Light of the Ancient Near East [Hebrew]
Reviewed by Shalom E. Holtz

B. F. Westcott and F. J. A. Hort
The Greek New Testament with Dictionary
Reviewed by Allan J. McNicol

Novo livro de Lemche publicado em dinamarquês

Como noticiado aqui e anotado igualmente aqui, está previsto para sair no final do próximo mês o novo livro de Niels Peter Lemche, The Old Testament Between Theology and History: A Critical Survey. Louisville, KY: Westminster John Knox, 2008, 504 p. - ISBN 9780664232450.

Acabo de ver no blog do Jim West que já foi publicada a edição em dinamarquês da obra: Det Gamle Testamente mellem teologi og historie.

Como lembra Jim, o dinamarquês pode nos parecer uma língua muito difícil, mas, se você, eventualmente, lê alemão, dará conta do recado quase todo...

De qualquer maneira, aguarde O Antigo Testamento entre Teologia e História. De Niels Peter Lemche.

Saramago lança blog

O Caderno de Saramago está disponível dentro do site da Fundação Saramago.

Parabéns ao ilustre escritor português por esta iniciativa que dignifica a blogosfera.

Leia Mais:
José Saramago estreia blog na internet - BBC Brasil: 16/09/2008 - 12h49

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Estou de olho no senhor!

Desaparecer na era da web ainda é possível. Mas o limite entre a privacidade e a exclusão social é cada vez menor...

Leia uma interessante entrevista com Thierry Rousselin, consultor de observação espacial e ex-diretor do programa de armamentos da Direção Geral de Armamentos da França, que, com François de Blomac, especialista em novas tecnologias de informação, lançou em abril deste ano o livro Sous Surveillance: Démêler le mythe de la réalité [Sob Vigilância: Separando o mito da realidade]. Paris: Les Carnets de l'Info, 2008, 252 p. - ISBN 9782916628295.

Se você já fez pela menos uma das perguntas abaixo, este texto é para você.
  • Quais são hoje os grandes domínios da vigilância tecnológica?
  • Ainda é possível "desaparecer" em nossas sociedades? Isto é, ainda é possível escapar do controle da tecnologia?
  • Os telefones celulares são cada vez mais vistos como potenciais delatores. Ainda é possível limitar esse risco?
  • A maior porta para a invasão de nossa vida privada ainda é o computador ligado à internet?
A entrevista foi publicada no Le Monde em 11 de abril de 2008 - Peut-on échapper à la surveillance? - e reproduzida, em português, na Folha Online de 15/09/2008 - 09h45:

Desaparecer na era da web ainda é possível, diz especialista

Extrait:
Nos téléphones portables sont des mouchards, nos ordinateurs des balances. Les libertés individuelles se réduisent au rythme du développement des nouvelles technologies. Sacrifier sa liberté pour le confort, le divertissement ou la sécurité : Thierry Rousselin, coauteur de "Sous surveillance", nous met en garde contre ce marché de dupes. Nos téléphones portables sont des mouchards, nos ordinateurs des balances. Les libertés individuelles se réduisent au rythme du développement des nouvelles technologies. Pourtant, loin de nous en inquiéter, nous favorisons cette surveillance en dévoilant nos vies sur Internet ou en utilisant des passes électroniques.

domingo, 14 de setembro de 2008

Livro digital com os textos da SOTER 2008

21º Congresso Anual da Sociedade de Teologia e Ciências da Religião – SOTER
"O presente livro vem a público no formato digital (e-book) e consiste no mais recente fruto desse trabalho a muitas mãos de cientistas sociais e intelectuais teologicamente gabaritados. Ele recolhe as contribuições teóricas que tornaram possível o 21º Congresso Anual da Sociedade de Teologia e Ciências da Religião (SOTER), sediado em Belo Horizonte de 7 a 10 de Julho, cujo tema foi Sustentabilidade da Vida e Espiritualidade. Estes textos tinham ficado de fora do primeiro volume, que saiu em formato de livro impresso poucas semanas antes do evento. Nosso objetivo foi reunir pesquisadores que fornecessem dados e categorias de análise para, num debate interdisciplinar, do ponto de vista teológico e das ciências sociais da religião, repropor de forma ampla a questão da sustentabilidade integral da vida no planeta e suas implicações nas culturas e religiões de nossos povos. Um tema grave e urgente que foi abordado de maneira ecológica e plural, acolhendo contribuições do âmbito das religiões, da política, das ciências da vida e da saúde, numa discussão atenta à complexidade que o assunto comporta. Apenas para que o leitor se localize, informamos a seguir os textos que já forampublicados na versão impressa do livro da Soter de 2008 (...) Esse rico material agora é completado, na presente edição digital (e-book) pelas Mesas de Estudo oferecidas pelas Universidades e demais Programas de Pós-graduação convidados, com temas que gravitaram em torno da temática geral do Congresso. A organização dessas mesas coube à PUC-SP(com apoio da UCG), PUC-Campinas, PUCRS, PUC-Minas, PUC-Rio, ISTA e FAJE. Também estão disponíveis neste livro as comunicações científicas apresentadas nos respectivos Grupos de Trabalho (GTs) organizados para o Congresso. Foram eles: GT Ecologia, trabalho e economia sócio-solidária; GT Religiões, Ecofeminismo e sustentabilidade; GT Ensino Religioso; GT Filosofia da Religião; GT Ecologia, Pastoral e Sociedade; GT Teologia e Sociedade; GT Protestantismo ontem e hoje; e GT Religiões afro-brasileiras e Teologia Negra"(Trecho da Apresentação do livro, feita por Afonso Maria Ligorio Soares, Presidente da SOTER) .

Faça o download do livro, publicado pelas Paulinas, que está em formato pdf e é gratuito:


SOTER (org.) 21º Congresso Anual da Sociedade de Teologia e Ciências da Religião – SOTER. Edição digital - ebook. São Paulo: Paulinas, 2008, 541 p. - ISBN 9788535623031.


Agradeço à Prof. Cláudia Andréa Prata Ferreira, que deu a notícia em seu blog Estudos Bíblicos.

Leia Mais:
SOTER 2008
SOTER rejeita Projetos para Teólogos

A conservadora teologia da prosperidade

Doutrina da prosperidade é conservadora, diz IECLBA

A doutrina da prosperidade, proclamada por igrejas neopentecostais, supervaloriza o cumprimento do dízimo, faz da bênção um direito do crente, exalta de modo indevido a prosperidade material, é individualista, não-profética e politicamente conservadora. Ela “não procura ver as raízes estruturais da pobreza e do desemprego, muito menos os interesses gananciosos por detrás da concentração de renda”, aponta pronunciamento da presidência da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) a respeito da doutrina da prosperidade. O documento admite que a prosperidade na Bíblia é uma promessa divina, externada de diversas maneiras e em diferentes épocas da vida do povo de Deus. Essa promessa não se limita, contudo, à prosperidade material, abrange todas as esferas da vida, também a dimensão espiritual. A Bíblia dá conta da existência de pessoas prósperas, mas cuja abundância não provém do temor e da obediência a Deus. Trata-se, informa o documento da IECLB, da prosperidade dos perversos e dos ímpios, que vem associada, muitas vezes, à violência e opressão. Assim, há limites para a prosperidade material. O limite está dado “quando não serve mais às necessidades reais, mas, em função do acúmulo, cria sempre novas e diferentes ‘necessidades’ adicionais”. Textos bíblicos confirmam dois importantes princípios...

Leia o texto completo.


Fonte: ALC - Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação - Porto Alegre, sexta-feira, 12 de setembro de 2008

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Palestras de Horsley sobre o Jesus Histórico

  • O Centro de Estudos Judaicos da USP convida a todos para palestra com o Prof. Dr. Richard Horsley sobre “Jesus e as tradições do Antigo Israel”. Data:16/09/2008, terça-feira, 21h. Local: FFLCH – Prédio de Letras, sala 260. Palestra em inglês. E-mail: cejudaic@usp.br Tel.: (11)3813-6528.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Giovanni Garbini: Scrivere la storia di Israele

Alguns blogs e listas de discussão sobre Bíblia estão comentando que vem aí novo livro de Giovanni Garbini sobre a História de Israel. Tenho poucas informações, por enquanto:

GARBINI, G. Scrivere la storia d'Israele. Brescia: Paideia, 2008, 352 p. Lançamento previsto para outubro de 2008. [EAN 9788839407559].

Diz La Feltrinelli:
La prima fase della storia d'Israele è durata dodici secoli (circa 1100 a.C.-135 d.C.), ma la bibbia ebraica, i cui libri vennero raccolti attorno alla fine di quel periodo, non ne racconta tutto e la presenta come storia "sacra", scritta non soltanto per preservare il ricordo del passato quanto piuttosto per trasmettere una forma di religione che si proponeva di contrastare il pensiero greco. Frutto di molti anni di studio, il saggio di Giovanni Garbini vuol essere un tentativo di ricostruire una storia di Israele meno sacra e più umana.

Veja a bibliografia de Giovanni Garbini aqui e aqui.

RIBLA: Profetas Anteriores ou OHDtr

Recebi nestes dias e estive lendo o último número da RIBLA - Revista de Interpretação Bíblica Latino-Americana. É o número 60, o segundo de 2008. O tema: Profetas Anteriores (Josué, Juízes, 1+2Samuel e 1+2Reis).

É um tema com poucas publicações no Brasil e até o nome deste conjunto de livros é controvertido: Profetas Anteriores, Livros Históricos ou Obra Histórica Deuteronomista (OHDtr)?

Editorial de Milton Schwantes e artigos de Nancy Cardoso Pereira, Carlos Arthur Dreher, Samuel Almada, Jorge Pixley, Marcos Paulo Bailão, Ricardo Lengruber Lobosco, Marli Wandermurem, Cássio Murilo Dias da Silva, Lilia Ladeira Veras, Haroldo Reimer, Lília Dias Marianno, Tércio Machado Siqueira e Sandro Gallazzi.

São 192 páginas. Confira.

E não se esqueça do livro dos Biblistas Mineiros que está no prelo: KONINGS, J. et al. O Deuteronomista e sua história de Israel: do êxodo ao exílio. Petrópolis: Vozes, 2008.

Leia Mais
RIBLA Online
A Obra Histórica Deuteronomista na revista Estudos Bíblicos
Bibliografia comentada sobre a OHDtr

LHC - The Large Hadron Collider

Cientistas testam com sucesso máquina que tenta reproduzir o Big Bang - Folha Online: 10/09/2008 - 05h10

Saiba detalhes sobre a maior máquina já construída pelo homem - Folha Online: 10/09/2008 - 11h11

LHC - The Large Hadron Collider - Home Page do Grande Colisor de Hádrons

Fotos do LHC

domingo, 7 de setembro de 2008

Resenhas na RBL: 05.09.2008

As seguintes resenhas foram recentemente publicadas pela Review of Biblical Literature:

Stephen C. Barton, ed.
Idolatry: False Worship in the Bible, Early Judaism and Christianity
Reviewed by Thomas J. Kraus

Jon L. Berquist, ed.
Approaching Yehud: New Approaches to the Study of the Persian Period
Reviewed by Ernst Axel Knauf

Kent E. Brower and Andy Johnson, eds.
Holiness and Ecclesiology in the New Testament
Reviewed by James M. Howard

David B. Capes, Rodney Reeves, and E. Randolph Richards
Rediscovering Paul: An Introduction to His World, Letters, and Theology
Reviewed by Rodrigo J. Morales

Paul M. Fullmer
Resurrection in Mark's Literary-Historical Perspective
Reviewed by Pheme Perkins

John Alan Halloran, ed.
Sumerian Lexicon: A Dictionary Guide to the Ancient Sumerian Language
Reviewed by John Engle

Edith M. Humphrey, ed.
And I Turned to See the Voice: The Rhetoric of Vision in the New Testament
Reviewed by Bart J. Koet

David J. Lull
1 Corinthians
Reviewed by Anthony C. Thiselton

Steve Moyise and Maarten J. J. Menken, eds.
Deuteronomy in the New Testament: The New Testament and the Scriptures of Israel
Reviewed by Michael A. Lyons
Reviewed by David Lincicum

Stanley E. Porter, ed.
Paul and His Opponents
Reviewed by Justin K. Hardin

Dagmar Pruin
Geschichten und Geschichte: Isebel als literarische und historische Gestalt
Reviewed by Claudia D. Bergmann

Magnus Riska
The House of the Lord: A Study of the Temple Scroll Columns 29:3b-47:18
Reviewed by George J. Brooke

Norman Solomon, Richard Harries, and Tim Winter, eds.
Abraham's Children: Jews, Christians, and Muslims in Conversation
Reviewed by Joel N. Lohr

K. Lawson Younger Jr., ed.
Ugarit at Seventy-Five
Reviewed by Aren M. Maeir

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Sobre grampos e ramonas

Não deixe de ler este texto.

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Dom Sérgio da Rocha: arcebispo de Teresina

Dom Sérgio da Rocha foi nomeado hoje arcebispo de Teresina, Piauí.

Dom Sérgio foi meu aluno na PUC-Campinas e, alguns anos mais tarde, ao terminar seu doutorado, meu colega. Sérgio era Professor de Teologia Moral quando foi nomeado bispo em 2001.

Parabéns, Sérgio.

Fonte: CNBB - Notícias - 03/09/2008

Atualização: 15.06.2011
Dom Sérgio da Rocha foi nomeado hoje arcebispo de Brasília.

Lambeth: bispos brasileiros falam da Conferência

Li e achei interessante as entrevistas de dois bispos anglicanos brasileiros à IHU On-Line sobre a Conferência de Lambeth: Dom Sebastião Armando Gameleira Soares, bispo da Diocese Anglicana do Recife, e Dom Orlando Santos de Oliveira, bispo anglicano da Diocese de Porto Alegre.

A Conferência de Lambeth é uma assembléia dos bispos da Igreja Anglicana que acontece de dez em dez anos. A Conferência de 2008 teve início em 16 de julho e terminou em 3 de agosto, em Canterbury [Cantuária], Inglaterra.

Lambeth 2008 foi muito debatida entre os biblioblogueiros, pois tratou de situações e assuntos bastante polêmicos e atuais.

Nas duas entrevistas citadas há temas muito interessantes tratados pelos dois bispos, como o ecumenismo e a questão da hermenêutica bíblica.

Lembro aos leitores que Dom Sebastião Gameleira foi meu colega em Roma. Quando lá cheguei para cursar Teologia, ele estava fazendo Ciências Bíblicas no PIB (Pontifício Instituto Bíblico) e cursava, simultaneamente, Ciências Sociais. Sua entrevista pode ser lida também aqui.

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Manuscritos do Mar Morto estarão online

Os Manuscritos do Mar Morto serão digitalizados e colocados na Internet. Isto foi amplamente noticiado pelos jornais na semana passada. Veja uma amostra das notícias nos vários links recolhidos pela newsletter Explorator 11.19, de 31 de agosto de 2008, sob o título 'Big project in the works to put the DSS online".

No site da IAA - Israel Antiquities Authority - na seção "Press Office", com data de 27 de agosto de 2008, se lê:

The Dead Sea Scrolls Go Digital
The Dead Sea Scrolls will once again be revealed. Two thousand years ago hundreds of scrolls, which include the oldest written record of the Old Testament ever found, were buried in the caves of the Judean Desert. Now, sixty years after the fortuitous discovery of the first scrolls by Bedouin shepherds, the Israel Antiquities Authority (IAA), to whom they are entrusted and who diligently strives to preserve them, has decided to provide researchers and the public worldwide access to them. In a press conference that took place this morning in Jerusalem (August 27), the IAA presented a pilot program that is being conducted this week, involving the imaging of the Dead Sea Scrolls, using the latest in digital cameras. The project will involve the documentation of all of the thousands of Dead Sea Scrolls fragments belonging to about 900 manuscripts, and placing them in an internet data bank that will be available to the public. This will be accomplished by imaging the scrolls in color and infrared which allow, among other things, the reading of scores of scroll fragments that were blackened or ostensibly erased over the years and which were not visible to the naked eye until now. The pilot project is examining the means that were selected for imaging and storing the information, and is also estimating the amount of time and resources necessary for implementing a project such as this. Participating in the pilot project together with the IAA staff are international experts in the fields of imaging technologies and the management of large image databases, amongst them Dr. Greg Bearman recently retired as Principal Scientist from the Jet Propulsion Laboratory, NASA, Simon Tanner, Director, King’s Digital Consultancy Services, Dr Julia Craig-Mc-Feely, a manuscript expert photographer, and Tom Lianza, Director of Motion Picture and Television Technologies, X-rite Incorporated. Dr. Bearman has previously worked with the IAA and other national libraries on imaging of ancient texts, his group pioneered the application of modern digital electronic and spectral imaging to archeological artifacts. Simon Tanner has worked with some of the rarest artifacts around the world and helped numerous digital projects to succeed in delivering public and scholarly access to their treasures. Dr Craig-McFeely is Director of the Digital Image Archive of Medieval Music and is internationally renowned for her excellence in the digital photography of manuscript materials. Tom Lianza has extensive experience in color and imaging. He is one of the early pioneers in the field of Color Management and developed some of the earliest digital flatbed color scanners. As part of the pilot program the experts set up three separate imaging stations in a sealed and specially painted gray room: a high resolution color imager that will capture the current state of the fragments; a high resolution single wavelength infrared imager that will provide significantly increased legibility to the texts in general and of fragments that have deteriorated and have become illegible; a spectral imager with lower spatial resolution that covers the red and infrared portions of the spectrum. Spectral imaging will be used on fragments to monitor any changes in the manuscripts by measuring and monitoring their spectral reflectance...


O texto diz ainda:
The thousands of scroll fragments were photographed in their entirety only once, at the time of their discovery in the 1950s. Scholarly research and publication are largely based on these infra-red photographs, although the images represent the condition of the scrolls some fifty years ago, and even the best of them rely on photographic technology that has since been surpassed. Moreover, some of the images have themselves disintegrated. Since its foundation the IAA Dead Sea Scrolls conservation lab has limited photography to essential documentation and specific requests of images for research and publication. Thus, there is a gap in the detailed image information available to scholars, as well as a lack of an active image record that can be used to assist in the conservation efforts. The IAA initiated the digitization project in its effort to monitor the well-being of the scrolls, and to expand access to scholars and the public worldwide, while preventing further damage from physical exposure. To this end, in November 2007 the IAA convened an international committee of experts for the purpose of evaluating the most advanced imaging technologies and the management of large databases. The committee set a series of goals and objectives for the documentation and imaging project including: spectral imaging to improve monitoring for long term preservation in a non-invasive and precise manner; creating both a high resolution colour and an infra-red image of every fragment that is equal in physical quality to the scroll fragments which will thereby prevent any need to re-expose them; and documentation that will facilitate easy and uniform access to a data bank of all the manuscripts which, as previously mentioned , are composed of thousands of fragments.

Leia a notícia completa no site da IAA.

Como se vê é um projeto que prevê a digitalização dos milhares de fragmentos dos cerca de 900 manuscritos encontrados a partir de 1947 nas proximidades do Mar Morto - daí a sigla e o nome em inglês: DSS ou Dead Sea Scrolls [Manuscritos do Mar Morto]. Os Manuscritos formarão um banco de dados na Internet para acesso online.

Mas esta é uma tarefa complexa e demorada, por isso, certamente, o texto da IAA nem fala em datas. Por ser um projeto bastante amplo e sofisticado, envolverá, além da IAA, cientistas e técnicos de várias instituições especializadas na área, o que inclui desde peritos em fotografia de manuscritos até um cientista que trabalhou para a NASA.

Agradeço a Antonio Lombatti e a Jim West [blog desativado, link perdido], onde, hoje, descobri o Comunicado à Imprensa (Press Release) da IAA.

Leia Mais:
Manuscritos do Mar Morto - várias postagens no Observatório Bíblico
Os Essênios: a Racionalização da Solidariedade - artigo na Ayrton's Biblical Page

Biblical Studies Carnival XXXIII

Seleção das melhores postagens de agosto de 2008.

Trabalho muito bem feito por Michael Halcomb, em seu biblioblog Pisteuomen.

O material foi organizado de um modo diferente do costumeiro: por data de postagem.

Cerca de 150 biblioblogueiros foram citados!