segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Carlos Mesters fala sobre o Sínodo

A Palavra está presente em todos os setores da vida da Igreja
Ao falar sobre a importância dos círculos bíblicos, Frei Carlos Mesters afirma que neles “a Bíblia se torna um espelho, no qual as pessoas descobrem dimensões mais profundas da sua própria vida que antes não tinham percebido”. Para ele, na entrevista (...) concedida por e-mail para a IHU On-Line, a importância de um sínodo sobre a Bíblia no atual momento é muito grande por vários motivos, dentre os quais “o aprofundamento que a Palavra de Deus pode trazer para a vida humana” e a percepção da “importância da presença da sabedoria de Deus na leitura que os pobres do mundo inteiro fazem da Bíblia” (...) Mesters é assessor de um dos bispos brasileiros na XII Assembléia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que ocorre de 5 a 26 de outubro, no Vaticano. A entrevista a seguir foi elaborada em parceria com a equipe de Teologia Pública do Instituto Humanitas Unisinos - IHU.


Leia a entrevista de Carlos Mesters na revista IHU On-Line, edição 278, de 20/10/2008. O tema de capa deste número é A financeirização do mundo e sua crise. Uma leitura a partir de Marx. Na versão em pdf a entrevista de Carlos Mesters está nas p. 29-30.




Outros pontos de vista sobre o Sínodo podem ser vistos no texto do jornalista norte-americano John L. Allen Jr. publicado no National Catholic Reporter em 17/10/2008 e reproduzido por Notícias: IHU On-Line em 20/10/2008: O Sínodo sobre a Bíblia em busca de um meio termo.


Se preferir, veja o original: The Synod on the Bible looks for middle ground; A 'poignant' press conference:
...One might say that the synod, dedicated to "The Word of God in the Life and Mission of the Church," is trying to steer a middle course between two extremes: Biblical fundamentalism, and secular skepticism. Cardinal William Levada, Prefect of the Congregation for the Doctrine of the Faith, told NCR on Thursday that he regards these seeming opposites as, in a sense, symbiotic: When fundamentalists make claims about the Bible that can't be reconciled with reason, he said, it feeds skepticism about the Bible in the broader culture. The aim of the synod could therefore be phrased as awakening a renewed passion for scripture, while simultaneously encouraging Catholics to read the Bible within the living tradition of the church -- thereby, or so the theory goes, holding faith and reason together. I'll give a quick summary of the proceedings so far, first looking at areas of general agreement and then three tensions that, at this stage, remain unresolved...


Leia Mais:
Sandro Magister em Chiesa (vários textos)
Sínodo dos Bispos - Synod of Bishops in Rome

Nenhum comentário:

Postar um comentário