segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Estou de olho no senhor!

Desaparecer na era da web ainda é possível. Mas o limite entre a privacidade e a exclusão social é cada vez menor...

Leia uma interessante entrevista com Thierry Rousselin, consultor de observação espacial e ex-diretor do programa de armamentos da Direção Geral de Armamentos da França, que, com François de Blomac, especialista em novas tecnologias de informação, lançou em abril deste ano o livro Sous Surveillance: Démêler le mythe de la réalité [Sob Vigilância: Separando o mito da realidade]. Paris: Les Carnets de l'Info, 2008, 252 p. - ISBN 9782916628295.

Se você já fez pela menos uma das perguntas abaixo, este texto é para você.
  • Quais são hoje os grandes domínios da vigilância tecnológica?
  • Ainda é possível "desaparecer" em nossas sociedades? Isto é, ainda é possível escapar do controle da tecnologia?
  • Os telefones celulares são cada vez mais vistos como potenciais delatores. Ainda é possível limitar esse risco?
  • A maior porta para a invasão de nossa vida privada ainda é o computador ligado à internet?
A entrevista foi publicada no Le Monde em 11 de abril de 2008 - Peut-on échapper à la surveillance? - e reproduzida, em português, na Folha Online de 15/09/2008 - 09h45:

Desaparecer na era da web ainda é possível, diz especialista

Extrait:
Nos téléphones portables sont des mouchards, nos ordinateurs des balances. Les libertés individuelles se réduisent au rythme du développement des nouvelles technologies. Sacrifier sa liberté pour le confort, le divertissement ou la sécurité : Thierry Rousselin, coauteur de "Sous surveillance", nous met en garde contre ce marché de dupes. Nos téléphones portables sont des mouchards, nos ordinateurs des balances. Les libertés individuelles se réduisent au rythme du développement des nouvelles technologies. Pourtant, loin de nous en inquiéter, nous favorisons cette surveillance en dévoilant nos vies sur Internet ou en utilisant des passes électroniques.

Nenhum comentário:

Postar um comentário