sábado, 17 de maio de 2008

Dom Helder, Leonardo Boff e Jonas Abib

Três nomes, três notícias, três situações. Vale a pena a leitura.

Justiça manda recolher livro do Padre Jonas Abib
A Justiça da Bahia determinou o recolhimento, em Salvador, de todos os exemplares de um livro escrito pelo padre Jonas Abib, fundador da comunidade católica Canção Nova, ligada à Renovação Carismática, ala conservadora da igreja.

Leonardo Boff recebe título de doutor 'Honoris Causa' da EST
Ao receber na noite do dia 15 de maio, o primeiro título de Doutor “Honoris Causa” de uma instituição brasileira, o teólogo católico Leonardo Boff destacou a atualidade do reformador Martim Lutero e do princípio protestante da indignação. “A teologia de Lutero é boa para a humanidade sofredora. Ele foi um mestre da fé e a voz que clama pela renovação espiritual”, frisou.

O Concílio de Dom Helder
(...) Estamos falando de Dom Helder Câmara. Precisamente ele, o bispo auxiliar do Rio de Janeiro, e depois, poucos dias antes do golpe de 31 de março de 64, o arcebispo de Recife: a ‘voz dos sem voz’ do nordeste do Brasil e, posteriormente, de toda a América Latina: onde – segundo o Sunday Times – ainda era considerado, nos anos 70, como ‘o homem mais influente’ após Fidel Castro.

Fonte: Notícias do Dia - IHU On-Line: 17/05/2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário