sábado, 26 de abril de 2008

Audaciosamente indo onde ninguém jamais esteve

Stephen Hawking apela ao espírito de Colombo para conquistar o Universo
Há 50 anos, o presidente dos Estados Unidos, Dwight Eisenhower, estampou sua assinatura num documento oficial que criava a Agência Nacional da Aeronáutica e do Espaço, a NASA, como é conhecida. Pode ser que o espaço não seja mais algo que está nas manchetes, mas há cientistas que estão se esforçando para fazer ver que as grandes missões ainda estão por vir, escreve David Alandete, em reportagem para o El País, 23-04-2008. A tradução é do Cepat. Entre esses cientistas está o astrofísico, intelectual e profeta do espaço Stephen Hawking. “Vivemos uma situação como a da Europa antes de 1492”, disse ontem em Washington, num ato de comemoração do meio século da agência espacial na Universidade George Washington. “As pessoas devem ter pensado que era perda de dinheiro enviar Colombo a algo comparável com caçar patos selvagens. Mas o descobrimento mudou o velho mundo...

Leia o texto completo em Notícias do Dia - IHU On-Line: 26/04/2008


Hawking: "Si la raza humana sigue otro millón de años, tendremos que ir donde nadie ha ido jamás"
El prestigioso astrofísico inglés insta a conquistar el espacio con el mismo espíritu que Colón a finales del siglo XV

Fonte: El País / Agencias - Madrid/Washington - 22/04/2008


Leia Mais:
Astronomy Picture of the Day
Livros de [e sobre] Stephen Hawking
Stephen William Hawking

Nenhum comentário:

Postar um comentário