sábado, 29 de março de 2008

Os zoiloismos de Zóia

Esse antilulismo veio no âmbito de um fenômeno mundial que pegou fortemente na imprensa brasileira, que é esse estilo neocon, dos neoconservadores norte-americanos da Fox (TV), estilo agressivo. De repente foi interpretado pela mídia nossa como se fosse aquele novo jornalismo dos anos 70, como se fosse algo que veio para mudar (...) É como se estivesse na última moda. Ô, meu Deus do Céu, se isso for a última moda, acabou o jornalismo, é o túmulo do jornalismo. Se fosse um ou outro, mas todo mundo querendo fazer isso! Mas tem vários aspectos: a crise da grande mídia, com a entrada dos novos grupos e a falta da visão estratégica sobre como se posicionar, os jornais perdendo tiragem ano a ano, a imprensa de opinião. De repente eles vêem essa chance... (Luis Nassif, Entrevista Explosiva da Caros Amigos de março 2008, ano XI, n. 132, p. 30)

Quem são os que reaquecem as vocações católicas no Brasil? A reportagem da Veja - Notícias do Dia - IHU On-Line: 29/03/2008
Opus Dei, RCC, Canção Nova, Toca de Assis, Cruz Credo?

O blog é uma reviravolta fantástica no mundo da imprensa’. Entrevista com Luis Nassif - Notícias do Dia - IHU On-Line: 25/03/2008

O factóide da Folha - Blog do Luis Nassif: 28/03/2008: 9h35

O silêncio e a calúnia, por Mino Carta - Comunique-se: 28/03/2008

A demissão de Paulo Henrique Amorim e a fusão Oi/BrT, segundo Mino Carta - Notícias do Dia - IHU On-Line: 29/03/2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário