terça-feira, 18 de março de 2008

Cursos de Teologia e Ciencias da Religião

Faculdades de teologia reconhecidas pelo MEC têm vagas ociosas

Estudo feito pelo professor e teólogo luterano Evaldo Luís Pauly, do Centro Universitário La Salle, em Canoas (RS), mostra que 34 cursos de Teologia e de Estudos de Religião, com reconhecimento do Ministério da Educação, formaram menos de 300 teólogos em 2002. É um resultado modesto, levando-se em conta que 2.133 alunos se candidataram para disputar 2.013 vagas. Deles, 1.292 foram aprovados e 296 receberam o diploma de bacharel. 'Há, portanto, forte ociosidade nesses cursos, pois cerca de 40% das vagas não são preenchidas', observa Pauly, autor de estudo sobre o ensino da Teologia no Brasil. A notícia é de José Maria Mayrink e publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo, 18-03-2008. São dados parciais, porque o pesquisador trabalhou com informações defasadas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), aos quais poderia acrescentar outros cursos, ainda não reconhecidos, a maioria oferecida por seminários e faculdades pertencentes a igrejas e instituições religiosas de várias denominações. Como cursos livres de Teologia, muitos deles de ensino a distância, oferecem graduação, mestrado e doutorado, embora seus diplomas e certificados não sejam reconhecidos pelo MEC. 'Esses cursos já devem chegar a milhares', diz Pauly. Em algumas das faculdades de ensino a distância, os alunos têm a liberdade de construir a sua própria grade de matérias para conseguir o diploma ou certificado em até 90 dias. São cursos destinados à formação de pastores evangélicos ou de ministros de outras denominações. Há ainda instituições que oferecem cursos de ensino médio, o que não daria direito ao diploma de bacharel nem ao título de teólogo, no caso de ser aprovado o projeto de lei do senador Marcelo Crivella. Entre as habilitações, várias faculdades evangélicas têm cursos para ensinar o pastor como fundar e administrar sua própria igreja.


Fonte:
Notícias do Dia - IHU On-Line: 18/3/2008

Atualizando: 16h25

Evaldo Luis Pauly: O novo rosto do ensino de teologia no Brasil: Números, normas legais e espiritualidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário