sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Dois livros publicados pela Paulus

Ainda não os vi, mas parecem valer a pena.

Eduardo Arens é bem conhecido dos biblistas brasileiros por seu livro Ásia menor nos tempos de Paulo, Lucas e João: Aspectos sociais e econômicos para a compreensão do Novo Testamento, também publicado pela Paulus em 1998.


ARENS, E. A Bíblia sem mitos: uma introdução crítica. São Paulo: Paulus, 2007, 416 p. - ISBN 9788534927703

Tradução do original espanhol: La Biblia sin mitos, una introducción crítica. Lima: Centro de Estudios y Publicaciones, 2004, 391 p.

"A Bíblia como documento fundacional da comunidade cristã (e, antes dela, da comunidade hebraica), a Palavra de Deus como manifestação do Espírito a partir do fundamento do texto, o problemático texto, antigo, de centenas de anos, a mensagem nova para cada pessoa e para cada dia; esses são os aspectos sobre os quais esta obra centra sua atenção. A abordagem dos problemas de contexto cultural e religioso dos textos bíblicos, com senso crítico e apoio das ciências históricas, permite respeitá-los e valorizá-los com aquilo que são: testemunhos de vida e de fé que procedem de numerosas comunidades de crentes, capazes de alimentar hoje nossa própria vivência".

"El libro está dividido en tres capítulos: la primera narra la génesis de los textos bíblicos en su contexto histórico, cultural y social; la segunda se ocupa del canon bíblico, es decir de cómo fueron aceptados unos textos y otros no, que después serían considerados "apócrifos"; y la tercera está referida a la hermenéutica, es decir a la interpretación propiamente dicha de los textos sagrados. Un libro sumamente interesante".


PRIETO, C. Cristianismo e paganismo: a pregação do evangelho no mundo greco-romano. São Paulo: Paulus, 2007, 136 p. - ISBN 9788534927857

Tradução do original francês: Christianisme et paganisme : La prédication de l'Evangile dans le monde gréco-romain. Genève: Labor et Fides, 2004, 175 p. - ISBN 9782830911404.

"O processo de inculturação do cristianismo no mundo romano durante os anos 80-90 é estudado detalhadamente neste livro, graças a uma análise de textos extraídos dos evangelhos de Lucas e de João, dos Atos dos Apóstolos e do Apocalipse. A autora propõe uma bela análise dos textos bem como um quadro do contexto histórico que permite ao leitor fazer uma idéia da cultura em que os autores neotestamentários estavam imersos. Para isso a autora seleciona e analisa alguns textos bíblicos dos Evangelhos de Lucas e de João, dos Atos dos Apóstolos e do Apocalipse. O livro está dividido em cinco capítulos. Cada capítulo se divide em duas partes. A primeira parte é dedicada à análise de um ou mais textos bíblicos, segundo o método narrativo. A escolha desse método permite seguir passo a passo a narrativa e analisar as intenções de Christine Pietro. Na segunda parte do capítulo a autora apresenta um quadro do contexto histórico que rodeia o tema tratado. Esse método adotado pela autora permite que o leitor tenha uma idéia do universo cultural no qual os autores neotestamentários estavam inseridos. Cada uma das duas partes de cada capítulo pode também ser lida independentemente, conforme a busca do leitor por uma análise de textos bíblicos ou referências culturais sobre o mundo antigo que rodeava a Igreja. Christine Prieto estudou Cinema antes de se tornar teóloga pelo Instituto Protestante de Teologia de Paris e pela Universidade de Lausanne. Desde 2002, é pastora e animadora bíblica da Igreja Reformada da França".

Nenhum comentário:

Postar um comentário