quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

As Viagens dos Reis Magos

"Os folcloristas e antropólogos, a exemplo de Câmara Cascudo e Carlos Rodrigues Brandão, já interpretaram sobejamente as folias [de Reis], explicitando-lhes as características fundamentais: são parte do catolicismo popular, são de origem predominantemente camponesa e englobam o peditório do cortejo, que é feito em nome do padroeiro. Mas como praticante, e mesmo assumindo todas essas características, entendo que, de todas as formas possíveis de se explicar o que é uma Folia de Reis, a mais definidora é o seu giro, a peregrinação de um ponto inicial (a festa de saída) a ponto terminal (a festa de chegada - o 'arremate'), previamente definidos. Entre os dois pontos expoentes dos festejos de cada ano, a folia expressa-se inteira, em todas as suas dimensões (organizativa, artística, religiosa, social), dentro de cada casa onde os integrantes se apresentam como procuradores de uma esmola e viajores à procura de um certo recém-nascido. É bonito e emocionante, sim, ver a diversificação das formas e vozes das folias num grande encontro de companhias, em uma praça ou em um ginásio de esportes. Mas a folia é, na sua essência, o giro, a viagem para Belém, em cada casa por onde ela passa (...) Nasceu daí a vontade de escrever sobre os Reis Magos, tomando-os como viajantes" (p.8).

Quem assim escreve é Jadir de Morais Pessoa. Nascido de uma família mineira radicada em Itapuranga, Goiás, Jadir foi criado no Povoado de Lages, cujo centro eram as rezas e as novenas da Capela de Nossa Senhora do Rosário e o giro da Folia de Reis, terminando no dia cinco de janeiro. Ainda na adolescência, estudando em Goiânia, Jadir foi assumido como folião de Reis pelos integrantes do terno das Lages. Cursou em seguida Filosofia e Teologia na PUC-Campinas e fez o Mestrado e o Doutorado em Antropologia na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), sob a orientação do Professor Carlos Rodrigues Brandão.

Hoje Jadir é Professor Titular na Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. Em todo esse percurso de estudante e professor, sempre manteve a identidade de folião de Reis.

Jadir foi meu aluno quando cursou Teologia na PUC-Campinas (1981-1984). E, ao pesquisar o texto bíblico de Mt 2,1-12 para a escrita deste livro, acabou encontrando meu texto A Visita dos Magos: Mt 2,1-12. Dele se serviu no capítulo primeiro, A caminho de Belém, para acompanhar a primeira das sete viagens dos Reis Magos...

Escrito em parceria com a pesquisadora francesa da temática dos Reis Magos na França e em outros países da Europa, Madeleine Félix, o livro do qual estou falando é:

Jadir de Morais PESSOA e Madeleine FÉLIX, As Viagens dos Reis Magos. Goiânia: Ed. da UCG, 2007, 256 p. ISBN: 8571033706.

Em sete capítulos, fartamente ilustrados, Jadir e Madeleine acompanham os Reis Magos em suas sete viagens:
1. A caminho de Belém
2. De Constantinopla a Milão
3. De Milão a Colônia
4. De Colônia para a Europa ocidental medieval
5. Na bagagem da catequese jesuítica
6. Trilhando a diversidade cultural brasileira
7. Os Três Reis de casa em casa

Fico muito contente ao ver esta extraordinária pesquisa do amigo Jadir, que, gentilmente, me enviou um exemplar com bonita dedicatória em dezembro passado. O livro foi lançado em janeiro de 2007.

Atualização - 04.01.2013: o livro foi traduzido para o francês em 2010. Veja abaixo.

Leia Mais:
Currículo Lattes de Jadir de Morais Pessoa
PESSOA, J. M.; FÉLIX, M. Les voyages des Rois Mages: De l'Orient jusqu'au Brésil. Paris: L'Harmattan, 2010, 250 p. - ISBN 9782296123878.
Madeleine FÉLIX, Le Livre des Rois Mages. Paris: Desclée de Brouwer, 2000, 239 p. - ISBN 9782220040486

Nenhum comentário:

Postar um comentário