quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Sem paz com palestinos, Israel pode acabar

Israel pode entrar em colapso sem Estado palestino, diz Olmert

O premiê israelense, Ehud Olmert, afirmou nesta quinta-feira que, se não for alcançada uma solução de "dois Estados para dois povos", chegará um dia em que o Estado de Israel poderá entrar em colapso, como ocorreu na África do Sul do regime do Apartheid. Olmert deu as declarações em entrevista ao jornal israelense "Haaretz", um dia depois do término da conferência de paz em Annapolis (EUA), na qual israelenses e palestinos expressaram sua intenção de negociar um acordo para criar um Estado palestino até 2009. "Chegará o dia em que a solução de dois Estados não poderá se materializar, e então enfrentaremos um conflito como ocorreu na África do Sul pela igualdade no direito de voto", disse Olmert, em Washington, ao jornal israelense sediado em Tel Aviv. O premiê ressaltou que, "quando isso ocorrer, o Estado de Israel terá acabado" (...) Pesquisas divulgadas por jornais israelenses apontam que apenas um em cada cinco israelenses acham que a conferência em Annapolis foi um sucesso, enquanto 80% afirmam que líderes palestinos e israelenses não conseguirão chegar a um acordo de paz em 2008 (...) [Entretanto] 53% apóiam um acordo de paz que inclua soluções para o conflito.

Leia o texto completo.

Fonte: Folha Online: 29/11/2007 - 12h38

Nenhum comentário:

Postar um comentário