segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Abaixo a bisbilhotice

Organizações querem lista contra rastreamento na internet
Nove organizações de defesa da privacidade e dos consumidores solicitaram à FTC (Federal Trade Comission, agência reguladora governamental norte-americana) que crie uma lista para registrar os internautas que não querem ter suas atividades online utilizadas por redes de publicidade. A lista, que foi solicitada na semana passada, deverá ser semelhante à lista que a FTC mantém para os consumidores que não desejam receber ligações de telemarketing, de acordo com organizações como o Center for Democracy and Technology, Electronic Frontier Foundation e Consumer Federation of America. Com a lista que proibiria rastreamento, os anunciantes que empregam cookies ou tags instalados nos computadores deveriam registrar junto à FTC todos os nomes de domínio dos servidores envolvidos nessas atividades. "Optar por não ter as atividades pessoais rastreadas na internet deveria ser um processo tão simples e tão conhecido quanto a lista de exclusão de telemarketing", disse à Reuters Mark Cooper, diretor de pesquisa da Consumer Federation of America. De acordo com a proposta, os anunciantes também seriam proibidos de recolher e usar informações pessoais sobre atividades de saúde e financeiras. A proposta também exige auditagem independente de empresas que utilizem rastreamento comportamental para que elas cumpram os padrões de defesa da privacidade (cont.)

Fonte: Folha Online: 05/11/2007 - 12h55.

Uma pena que não é aqui... ah, mas um dia vão ter que respeitar a gente. Telemarketing e spam são pragas das mais irritantes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário