segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Descobertos artefatos arqueologicos em Jerusalém

O comunicado é da IAA - Autoridade Israelense de Antiguidades: restos de pequenos objetos que podem ser datados, segundo vários arqueólogos, entre os séculos VIII e VI AEC - também chamado de período do Primeiro Templo -, foram encontrados em Jerusalém, na área do Templo.

For the First Time, Archaeological Remains dated to the First Temple Period have been Discovered on the Temple Mount
Archaeological inspection by the Israel Antiquities Authority over works of the Waqf has uncovered remnants from the First Temple Period (Iron Age IIB).

During a recent archaeological inspection on the Temple Mount in Jerusalem carried out by the Israel Antiquities Authority over maintenance works of the Waqf, a sealed archaeological level probably dated to the First Temple Period was exposed in the area close the southeastern corner of the raised platform surrounding the Dome of the Rock. Archaeological examination of a short section of this level, undertaken by Yuval Baruch, the Jerusalem District Archaeologist, uncovered finds that included fragments of ceramic table wares and animal bones. The finds are dated to the eighth to sixth centuries BCE. Yuval Baruch of the IAA, Prof. Sy Gitin, Director of the William F. Albright Institute of Archaeological Research in Jerusalem, Prof. Israel Finkelstein of Tel Aviv University and Prof. Ronny Reich of Haifa University examined the finds and the archaeological data and reached the conclusion that the characteristics and location of the finds may aid scholars in reconstructing the dimensions and boundaries of the Temple Mount during the First Temple Period. The finds include fragments of bowls, including rims, bases and body sherds; the base of a juglet used for the ladling of oil; the handle of a small juglet and the rim of a storage jar. The bowl sherds were decorated with wheel burnishing lines characteristic of the First Temple Period. In addition, a piece of...

Leia o resto da notícia e veja as fotos. E preste bem atenção: são pequenos restos de objetos da época pré-exílica, mas nada indica que tenham ligação com o Templo da época, ainda não encontrado. E mais: séculos VIII-VI AEC não representam a época de Salomão, tradicionalmente colocado no século X AEC.

Portanto, notícias dizendo que, finalmente, foram encontrados testemunhos do templo salomônico, são leituras distorcidas do comunicado dos arqueólogos israelenses.

Um comentário:

Geraldom. disse...

Interessado nos acontecimentos arqueológicos na antiga cidade Jerusalém vejo com satisfação as descobertas recentes como uma resposta positiva aos escritos sagrados da Bíblia.Por outro lado existe um documento histórico muito importante, até hoje não confirmado sua escrita enigmática por falta de provas materiais, o "Pergaminho de Cobre" retirado da caverna de Qunram.Ao que tudo indica os passos das ocultações realizadas dos ricos tesouros nele relatados estão direcionados para a antiga cidade de Davi.Penso que muito em breve teremos as respostas para o caso ser solucionado.Aguardemos. "Não há nada encoberto que não venha ser revelado" disse Jesus Cristo.

Postar um comentário