domingo, 30 de abril de 2006

O homem está devorando o planeta: e depois?

Folha Online: 30/04/2006 - 11h41

Humanidade já consome metade da energia do planeta, diz livro


por Reinaldo José Lopes - da Folha de S.Paulo

Existem muitos jeitos de examinar o complicado sistema que os cientistas chamam de biosfera, a camada de vida que reveste a Terra. Um deles é perceber que esse conjunto funciona como um conversor de energia ridiculamente grande: o processo começa com a luz que vem do Sol e com os organismos que conseguem usá-la como bateria, e atravessa todas as formas de vida que precisam comer ou parasitar outros organismos. Fazer a conta de como essa Itaipu de dimensões planetárias converte tanta energia em matéria viva pode parecer missão impossível, mas o biólogo britânico Stuart Pimm, da Universidade Duke (Estados Unidos) encarou o desafio em seu livro "Terras da Terra", lançado recentemente no Brasil. O resultado da conta, ainda que provisório, não é nada bom: a ação de uma única espécie, a humana, está perigosamente próxima de monopolizar a conta de luz do planeta. Nem é preciso dizer que, num caso desses, a multa pelo consumo excessivo de energia está além do que a humanidade pode pagar (...) Está cada vez mais difícil negar que o planeta passa pela pior crise de extinções de espécies dos últimos milhões de anos. Os cálculos mais recentes, embora imprecisos, falam numa taxa de desaparecimento de espécies entre mil e 10 mil vezes maior que a registrada em condições normais (cont.)


Rutgers University Press
Humans use 50 percent of the world’s freshwater supply and consume 42 percent of its plant growth. We are liquidating animals and plants one hundred times faster than the natural rate of extinction. Such numbers should make it clear that our impact on the planet has been, and continues to be, extreme and detrimental. Yet even after decades of awareness of our environmental peril, there remains passionate disagreement over what the problems are and how they should be remedied (cont.)


O livro
PIMM, S. Terras da Terra: O que sabemos sobre o nosso planeta. Londrina: Editora Planta, 2005, 308 p. (pode ser encontrado também na Saraiva)
PIMM, S. L. A Scientist Audits the Earth. Reprint Edition. Piscataway, NJ: Rutgers University Press, 2004, 304 p. ISBN 0-8135-3540-9

O autor
Stuart L. Pimm is Doris Duke Chair of Conservation Ecology at the Nicholas School of the Environment and Earth Sciences at Duke University. He is the author of more than 150 scientific papers, as well as three books, and numerous articles in publications such as New Scientist, The Sciences, Nature, and Science.

Nenhum comentário:

Postar um comentário